Assine Já
segunda, 21 de setembro de 2020
Região dos Lagos
22ºmax
18ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 7728 Óbitos: 407
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 468 10
Arraial do Cabo 215 13
Cabo Frio 2528 136
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1213 50
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
piso regional

Empregadas domésticas do Estado do Rio terão reajuste salarial de 8%

Piso regional de mais de 170 categorias vai variar de R$ 1.136,53 e R$ 2.899,79

10 março 2017 - 13h04Por Redação | Foto: Reprodução
Empregadas domésticas do Estado do Rio terão reajuste salarial de 8%

O Diário Oficial do Estado do Rio publicou nesta sexta-feira (10) a sanção da lei 7.530/17, que estabelece o piso salarial regional de mais de 170 categorias profissionais na iniciativa privada. O reajuste é de 8% e tem efeito retroativo a 1º de janeiro. Ao todo, são seis faixas salariais que variam de R$ 1.136,53 e R$ 2.899,79. Empregadas domésticas encontram-se na primeira faixa, juntamente com auxiliares de serviços gerais e trabalhadores agropecuários, por exemplo.

O reajuste foi aprovado no plenário da Assembleia Legislativa em 22 de fevereiro. O índice de reajuste fica no meio do caminho entre a proposta do Governo do Estado (7,53%) e os sindicatos (8,3%). A inflação de 2016 medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechou em 6,29%. Uma emenda à lei estabelece ainda que os salários decididos em acordo coletivo apenas terão validade se o valor for superior ao determinado pela lei.

Faixa I - R$ 1.136,53: Trabalhadores agropecuários; empregados domésticos; trabalhadores de serviços de conservação e manutenção; auxiliar de serviços gerais e de escritório; guardadores de veículos, entre outros.

Faixa II - R$ 1.178,41: Trabalhadores da construção civil; carteiros; motoristas de ambulância; cozinheiros; operador de caixa; cabeleireiros e manicures; motoboys; comerciários; pintores; pedreiros; garçons, entre outros.

Faixa III - R$ 1.262,20: Soldadores; condutores de veículos de transportes; porteiros; secretários; telefonistas e operadores de telemarketing; eletricistas; frentistas; bombeiros civis; auxiliares de enfermagem, entre outros.

Faixa IV - R$1.529,26: Técnicos em enfermagem; trabalhadores de nível técnico registrados nos conselhos de suas áreas; técnicos em farmácia; técnicos em laboratório; bombeiro civil líder, entre outros.

Faixa V - R$2.306,45: Professores de Ensino Fundamental (1° ao 5° ano, regime 40h); técnicos de eletrônica; intérprete de Libras; técnicos de segurança do trabalho; técnico de instrumentação cirúrgica, entre outros.

Faixa VI - R$2.899,79: Contadores; psicólogos; fisioterapeutas; sociólogo; assistentes sociais; biólogos; nutricionistas; bibliotecários; enfermeiros, entre outros.