Assine Já
quinta, 12 de dezembro de 2019
Região dos Lagos
26ºmax
20ºmin
Apartamento
AP REC BANNER
enterro

Emoção e tristeza marcam enterro de Thiago Chumbada em Cabo Frio

Amigos prestaram última homenagem a assessor

06 junho 2014 - 13h00
 Emoção e tristeza marcam enterro de Thiago Chumbada em Cabo Frio

Centenas de amigos e familiares prestaram a última homenagem ao assessor Thiago Chumbada, que foi sepultado no fim da manhã desta sexta-feira (6) no Cemitério Jardim dos Eucaliptos, no Jardim Esperança, em Cabo Frio. Marcado por um clima de consternação e tristeza, o velório ocorreu na capela do cemitério de Santa Izabel. Muito conhecido no meio político da cidade, Chumbada morreu na manhã de quinta-feira (5) por embolia pulmonar, complicação decorrente de uma cirurgia bariátrica (redução do estômago). 

 Marquinho Mendes, que trabalhava com Chumbada desde 2004, estava consternado com a morte do seu assessor: 

- Ele era mais do que um amigo, eu perdi um irmão. A cirurgia era um sonho dele. O ajudamos a realizar esse sonho, mas não imaginávamos que acabaria assim. Estou devastado. Estou acompanhando essa situação desde ontem (quinta-feira), junto com a família. Todos devem lembrar do Thiago sempre com sorriso no rosto. Deus levou um anjo, pois ele era uma pessoa de bem e levou uma vida voltada para o bem - finalizou Marquinho Mendes.

O adeus dos amigos

"É uma lástima. Um dos maiores sonhos da vida do Chumbada era fazer essa cirurgia. Não era só uma questão de saúde, mas uma melhora na parte estética. Ele era uma pessoa diferenciada e maravilhosa. É uma perda imensa para Cabo Frio. As pessoas que conviveram com ele, sem sombra de dúvidas, vão sentir muita saudade. Infelizmente, a realização de um sonho se tranformou num acontecimento trágico como esse. Agora, a única coisa que resta é a saudade e a lembrança dos bons momentos com ele".William Von-Held, advogado.

"Chumbada representa a pureza, a inocência, a criança que tem dentro de nós. Cada um perdeu com a morte do Chumbada um pouquinho da criança que ainda existe dentro de nós. Era uma pessoa pura". Helcio Azevedo, clínico geral.

"Hoje (ontem), perdi uma das pessoas que mais amava na minha vida. Não tenho palavras para explicar o que estou sentindo nesse momento. Ele estava realizando o sonho da vida dele. Estou realmente arrasada. Era uma pessoa excepcional. Não tinha nenhuma maldade nele. Tinha um coração enorme. Perdi mais do que um amigo. Perdi um irmão". Mayara Brum, jornalista.

 É uma notícia muito triste. Abalou tanto amigos como familiares do Chumbada. Cabo Frio está de luto. Não estava  preparado para perder uma pessoa dessa maneira. Estive junto com ele no domingo passado e garanto que estava muito feliz com a cirurgia. Dava para ver que estava aguardando um recomeço com mais saúde e menos peso. Não queria que fosse assim." Sandro Souza, gerente de consórcios.

"Eu o chamava de Chumbex. Era um rapaz sensacional. Sempre muito divertido, alegre e com muita disposição. Em toda vez que nos encontrávamos, era garantia de muita conversa. Sinceramente, é complicado imaginar que isso é verdade. A ficha ainda não caiu. Não dá para acreditar que logo o sonho da vida dele terminaria dessa forma. Só desejo que Deus conforte os familiares e as pessoas próximas. É uma dor muito grande. Vai com Deus, amigo!". Léo Borges, jornalista.

"Era uma pessoa muito alegre, brincalhona e sorridente. Toda vez que me encontrava, fazia questão de fazer uma brincadeira ou contar uma piada. O Chumbada era um homem que só queria o bem. Não tinha maldade nenhuma. Estava sempre sorrindo. Vê-lo de mau humor era uma ta-refa quase impossível. Lamento muito pelo que aconteceu". Carlos Magno, advogado.