Assine Já
sexta, 06 de dezembro de 2019
Região dos Lagos
24ºmax
21ºmin
Apartamento
AP REC BANNER
governador

Cabo Frio receberá R$ 78 milhões para obras de urbanização

Pezão assinará convênio na sexta-feira para liberação de recursos 

03 junho 2014 - 09h30
O governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) assinará nesta sexta-feira (6), durante cerimônia no Tamoyo Esporte Clube, em Cabo Frio, a liberação de recursos de  R$ 78 milhões de reais para obras de urbanização dos bairros Monte Alegre, Cantinho do Céu, Jardim e Reserva do Peró. A verba, referente ao programa ‘Somado Forças’ do Governo Estadual, chegou a ficar em  risco por conta de atrasos na apresentação das certidões negativas de débitos dos impostos federais, cujo prazo se encerrou no último dia 30, em função da legislação eleitoral. Entretanto, segundo o deputado estadual Janio Mendes (PDT), o problema teria sido resolvido.
Por outro lado, mais do que melhorar as condições de saneamento básico das comunidades que margeiam a Avenida Wilson Mendes, os investimentos podem ajudar a pavimentar o caminho de Pezão na corrida para se manter no Palácio Guanabara. Na última pesquisa do Instituto Gerp, realizada entre os últimos dias 23 e 29 de maio, o peemedebista perdeu um ponto percentual e aparece apenas na quarta colocação, patinando em 5% das intenções de voto. Para piorar, seu índice de rejeição saltou de 10% para 16%, em apenas um mês.
O senador Marcelo Crivella (PRB) lidera com 23% das intenções seguido pelo deputado Anthony Garotinho (PR) com 20%. Em relação à última aferição, divulgada no final de abril, eles subiram cinco e sete pontos percentuais, respectivamente. O senador petista Lindbergh Farias aparece em terceiro, com 9% da preferência dos entrevistados. A margem de erro é de 3,39 pontos percentuais.
Ao todo, os repasses do programa para a Região dos Lagos chegarão a R$ 226 milhões, para reurbanização em bairros de Iguaba Grande, São Pedro da Aldeia, Armação dos Búzios, entre outros municípios. A estratégia do ex-prefeito de Piraí também é uma tentativa de neutralizar a notória força do pré-candidato do PR nas áreas mais distantes da capital.
População ansiosa – Enquanto as obras não começam, os moradores da região, um tanto desconfiados, aguardam a transformação da realidade local. Queixas de falta de saneamento,  abastecimento de água, coleta regular de lixo e áreas de lazer são constantes, conforme mostrou a reportagem da Folha dos Lagos do último dia 24.
– Saneamento e calçamento estão prometidos há muito tempo. Soube que havia um projeto que estava na mesa do prefeito, mas até agora nada – cobra a inspetora escolar Ezilane dos Santos, 33.