Assine Já
quarta, 15 de julho de 2020
Região dos Lagos
20ºmax
14ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 3477 Óbitos: 200
Confirmados Óbitos
Araruama 671 42
Armação dos Búzios 288 8
Arraial do Cabo 88 11
Cabo Frio 1037 64
Iguaba Grande 257 20
São Pedro da Aldeia 537 20
Saquarema 599 35
Últimas notícias sobre a COVID-19
Alair

Alair define apoio a Pezão e subirá no mesmo palanque de Marquinho e Janio

Estratégia contraria postura adotada na campanha de 2012, quando aliou-se a Garotinho

16 setembro 2014 - 13h42
Alair define apoio a Pezão e subirá no mesmo palanque de Marquinho e Janio
A instabilidade política no país se repete em todos os municípios. Ou seja, a pesquisa de ontem, daqui a pouco, estará ultrapassada por algum fato novo. E Cabo Frio já tem o seu fato novo que poderá mexer com os números na próxima consulta popular. Afinal, o prefeito Alair Corrêa deixou de lado o candidato Anthony Garotinho (PR) e, agora, caminha lado a lado com Luiz Fernando Pezão (PDT). 
Mais do que os números que estão por vir para indicar as novas posições de Luiz Fernando Pezão e Anthony Garotinho, está claro que Alair Corrêa, ao aderir à candidatura de Pezão, na verdade, está no mesmo palanque de seus maiores adversários: Marquinho Mendes (PMDB), candidato a deputado federal, e Janio Mendes (PDT), candidato a deputado estadual.
O acordo foi selado na última sexta-feira. Crítico ferrenho do governo Sérgio Cabral, o prefeito de Cabo Frio, Alair Corrêa apoiará Pezão (PMDB) ao Governo do Estado. Segundo Alair, a parceria é para honrar um pedido do amigo e presidente de seu partido, Francisco Dornelles, vice na chapa de Pezão.  Mas as alianças de Alair não param por aí. ‘Patrono’ de oito candidatos às proporcionais, Alair teria, nos bastidores, esco-lhido seus favoritos: para estadual, Alfredo Gonçalves (PV), e para federal, Paulo César (PR). O prefeito não confirma mas também não desmente a informação.
As preferências políticas de Alair, que refletem também no apoio da máquina do Governo Municipal, vêm sendo mostradas a conta-gotas, em específicos eventos eleitorais.
A aproximação com o candidato do PMDB vem desde os últimos meses. Em julho, o prefeito recebeu Pezão no Teatro Municipal e, de mãos dadas, anunciaram investimento milionário para Cabo Frio – o aporte já havia sido anunciado anteriormente, o que deu caráter estritamente político ao encontro dos dois.
O dilema de Alair é que, ao dizer ‘sim’ a Pezão, ele automaticamente diz ‘não’ a Anthony Garotinho (PR), parceiro político de longa data. Em 2012, durante a campanha para prefeito, Alair teve grande ajuda de Garotinho, que subiu em seu palanque e pediu votos para ele, fortalecendo a candidatura de Alair com um inflamado discurso contra o principal adversário, Janio Mendes (PDT), e opositor político, Marquinho Mendes (PMDB), ambos integrantes do grupo de Sérgio Cabral e Pezão.
Apesar da controvérsia, Alair vê com naturalidade a acrobacia política, deixando Garotinho de lado para fortalecer a candidatura do atual governador.
– Isso foi até conversado com o Garotinho antes. Foi um pedido de um aliado político e presidente do meu partido, o Dornelles, que eu acatei – afirmou.
ALAIR VAI FINALMENTE ESCOLHER UM?
Como todo cidadão brasileiro, Alair irá às urnas no dia 5 de outubro podendo escolher apenas um candidato para cada cargo. O ‘santinho’ que o prefeito usará de cola daqui a quinze dias pode ser um indício de uma escolha que vem sendo tomada nos bastidores da política: com medo de perder espaço para a oposição, Alair fatalmente terá que se decidir, oficialmente ou não, por um nome para cada cargo.
Esses nomes já estariam escolhidos, apesar de o prefeito não confirmar. Eles seriam Alfredo Gonçalves, que abriu mão de sua candidatura a prefeito de Cabo Frio em 2012 para apoiar Alair e posteriormente assumiu a Secretaria de Esportes, e Paulo César, outro que era pré-candidato a prefeito dois anos atrás e integra a base aliada de Alair. Seis ficariam órfãos: Taylor Jasmin (PRB), Silas Bento (PSDB), Paulo Henrique Corrêa (PR), Bernardo Ariston (PR), Delma Jardim (PEN) e Walmir Porto (PR).
A decisão se faz imediata por conta do avanço de Janio e Marquinho Mendes sobre os votos de Cabo Frio, e o receio do grupo governista de ver a oposição eleger seus candidatos enquanto os votos governistas são pulverizados pelo excesso. Oficialmente, Alair nega. “A posição é essa: tenho oito candidatos”.
Disputa presidencial – Também a pedido de Dornelles, Alair tentará angariar votos para o candidato a presidente Aécio Neves (PSDB). Dornelles faz parte da coalizão em prol das candidaturas de Aécio, Pezão e César Maia (Senado), o ‘Aezão’. A assessoria do prefeito não confirmou, no entanto, se ele irá apoiar Maia.