Assine Já
terça, 19 de outubro de 2021
São Paulo
39ºmax
24ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52262 Óbitos: 2141
Confirmados Óbitos
Araruama 12321 438
Armação dos Búzios 6516 72
Arraial do Cabo 1720 92
Cabo Frio 14721 876
Iguaba Grande 5469 140
São Pedro da Aldeia 6984 288
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
REABILITAÇÃO

Setor de pós Covid-19, em Cabo Frio, atende mais de 100 pessoas em um mês de funcionamento

Inaugurado há um mês, o setor possui 21 pacientes ativos e 18 avaliações agendadas para o mês de maio

24 abril 2021 - 12h00Por Redação

Nesta quinta-feira (22) o setor de pós Covid-19 do Centro Municipal de Reabilitação de Cabo Frio, no bairro Novo Portinho, completa um mês de funcionamento. Neste período, já foram realizados 113 atendimentos. Deste total 21 pacientes permanecem em tratamento. O espaço tem, ainda, 18 avaliações agendadas para o mês de maio.

O Centro Municipal de Reabilitação é uma unidade de saúde que oferece atendimentos fisioterápicos para moradores de Cabo Frio que apresentam sequelas após contágio do coronavírus como dispneia, fadiga, tosse crônica, cansaço, falta de ar, perda de memória, disfunção cognitiva, dor no peito em aperto e baixa tolerância ao exercício.

Os agendamentos de horário são feitos presencialmente de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Para fazer avaliação é necessário apresentar cópia do cartão do SUS, RG, CPF e comprovante de residência com endereço de Cabo Frio. Também é preciso comprovar que teve a doença. Para isso basta levar o resultado de exames complementares como PCR-RT, tomografía de tórax, sorologia imunológica. Já as atividades de fisioterapia acontecem às terças e quintas.

“Quando o paciente começa o atendimento buscamos realizar exercícios para fortalecimento muscular e respiratórios, além do treino aeróbico, protocolo que abrange as principais sequelas de quem já teve a Covid-19. A avaliação funcional acontece do início ao final do tratamento que dura entre 12 e 24 sessões”, explica a coordenadora de reabilitação do Centro de Reabilitação, a fisioterapeuta Mariana Chapeta.

A iniciativa é voltada para moradores de Cabo Frio e tem como objetivo a melhora geral do quadro do paciente. O serviço é desenvolvido por equipe multidisciplinar que realiza a avaliação individual e estabelece qual o programa de atendimento específico à necessidade de cada paciente, conforme as sequelas de pós Covid-19 apresentadas.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.