Assine Já
domingo, 24 de outubro de 2021
Região dos Lagos
27ºmax
18ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52262 Óbitos: 2141
Confirmados Óbitos
Araruama 12321 438
Armação dos Búzios 6516 72
Arraial do Cabo 1720 92
Cabo Frio 14721 876
Iguaba Grande 5469 140
São Pedro da Aldeia 6984 288
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
IMPORTÂNCIA DA VACINA

Setembro registra menor número de óbitos por Covid-19 desde o início do ano no estado do Rio

Quase 20 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 aplicadas na população,

05 outubro 2021 - 11h24Por Rodrigo Branco

Com quase 20 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 aplicadas na população, o Estado do Rio de Janeiro registrou, em setembro, o menor número de óbitos provocados pelo coronavírus desde o início deste ano. No último mês, foram contabilizados 2.070 óbitos (média de 517 por semana), 35% a menos do que o registrado em agosto, quando 3.215 óbitos foram notificados e a variante Delta se tornou predominante no estado. Em abril, período de maior mortalidade da doença no estado, foram 7.905 vidas perdidas, 75% a mais do que contabilizado em setembro.

– A Secretaria de Estado de Saúde identificou indicadores precoces, como atendimentos nas unidades de emergência, muito menores do que os registrados ao longo da pandemia. É um momento de maior tranquilidade, mas que ainda requer colaboração da população, com adesão à campanha de vacinação, que tem se mostrado bastante satisfatória. Hoje, temos mais de 50% dos adultos com o esquema vacinal completo e mais de 90% com a primeira dose. Estamos caminhando para voltar à normalidade aos poucos – avalia Alexandre Chieppe, secretário estadual de Saúde.

Entre agosto e setembro, o Estado do Rio de Janeiro teve 6.851.731 de doses aplicadas, iniciou a campanha para adolescentes e autorizou a dose de reforço para idosos e profissionais de saúde.

– Nosso objetivo com essas medidas é avançar ainda mais com a vacinação. O número de óbitos cai em consequência também de outros fatores, como redução dos casos graves, internações e transmissão do vírus. Tudo isso é conquistado pela ciência e pela vacina – conclui o secretário.

Em relação ao número de casos, a queda foi de 83% na comparação entre a semana epidemiológica 33 (período entre 15 e 21 de agosto) com a 37 (de 12 a 18 de setembro).

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.