Assine Já
terça, 19 de outubro de 2021
São Paulo
39ºmax
24ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52262 Óbitos: 2141
Confirmados Óbitos
Araruama 12321 438
Armação dos Búzios 6516 72
Arraial do Cabo 1720 92
Cabo Frio 14721 876
Iguaba Grande 5469 140
São Pedro da Aldeia 6984 288
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
CORONAVÍRUS

São Pedro da Aldeia vacina idosos de 60 anos ou mais em duas escolas municipais a partir de segunda

Profissionais de saúde atuantes que residam no município também serão vacinados

01 maio 2021 - 18h05Por Redação

A partir desta segunda-feira (3), São Pedro da Aldeia realizará a vacinação contra a Covid-19 em idosos de 60 anos ou mais e em profissionais da saúde atuantes que residem no município. Nesta fase da campanha, as doses serão aplicadas em duas escolas municipais, das 8h às 12h, até a quarta-feira (5). Não haverá imunização nos postos. O objetivo é melhor atender à população e evitar aglomerações, já que o público alvo desta faixa-etária é mais numeroso e as unidades escolares dispõem de espaço físico mais amplo. 

A vacinação acontecerá na Escola Mz. Manoel Moraes da Silva, localizada na Rua Silva Jardim, no bairro Campo Redondo; e na Escola Municipal Professora Miriam Alves Guimarães, às margens da RJ-140, no bairro Fluminense. É importante que o público siga as recomendações sanitárias no ato do procedimento, como o uso de máscara e higienização das mãos.

A população vacinada poderá realizar um ato de solidariedade durante o procedimento. Aqueles que tiverem a possibilidade de doar um quilo de alimento não perecível poderão levar os produtos nos locais de vacinação. Os materiais arrecadados serão destinados a famílias carentes do município. 

No ato da vacinação, o público precisa apresentar documentação pessoal com foto, Cartão do SUS e comprovante de residência. Já os profissionais da área da saúde devem estar munidos, também, da carteira profissional atualizada. Em caso de aplicação da segunda vacina (D2), é necessário o comprovante de recebimento da primeira vacina (D1).

A Secretaria de Saúde ressalta, ainda, a importância da aplicação da segunda dose da vacina (D2) para assegurar a proteção adequada contra a doença. Quem já recebeu a primeira dose do imunizante (D1) e estiver dentro do prazo para tomar a D2, também deve procurar as unidades escolares citadas. Lembrando que o prazo para a reaplicação da vacina Coronavac é de 14 a 28 dias após o recebimento da D1. Já para a Oxford/AstraZeneca, o prazo é a partir de 90 dias após o recebimento da primeira.

Quem foi vacinado de forma domiciliar e deseja receber a segunda dose da vacina pelas equipes em domicílio, devem fazer o agendamento também nas unidades de saúde relacionadas.

Todos que recebem as vacinas são catalogados para registro documental do processo de imunização. Os certificados são feitos nominalmente, com a assinatura daqueles que recebem as doses ou dos responsáveis por eles no ato da vacinação.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.