Assine Já
segunda, 25 de outubro de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52262 Óbitos: 2141
Confirmados Óbitos
Araruama 12321 438
Armação dos Búzios 6516 72
Arraial do Cabo 1720 92
Cabo Frio 14721 876
Iguaba Grande 5469 140
São Pedro da Aldeia 6984 288
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
NÚMEROS DE PANDEMIA

Região dos Lagos supera marca dos 10 mil casos e das 500 mortes por Covid-19

Estado acaba de aumentar classificação de risco na Baixada Litorânea para moderado

08 novembro 2020 - 11h36Por Redação

A Região dos Lagos superou, neste sábado (7), a marca dos 10 mil casos do novo coronavírus durante a pandemia. Somados, os sete municípios acumulam 10.133 notificações de diagnósticos positivos da doença até este domingo (8), quando houve atualização no boletim de Armação dos Búzios. Desse total, 505 pessoas desenvolveram as formas mais graves da infecção e não resistiram. A taxa de letalidade, ou seja, o número de óbitos dividido pelo de casos é de 4,97%.

Maior cidade da região, Cabo Frio concentra cerca de um terço dos casos e das mortes pelo novo coronavírus. De acordo com os dados da Secretaria Municipal de Saúde, foram computados 3.280 diagnósticos positivos de Covid-19, desde a primeira anotação, em 7 de abril, uma paciente de 25 anos, atendida no Hospital do Jardim Esperança. O município também já contabiliza 173 mortes, sendo a primeira, de uma mulher de 62 anos, em 15 de abril.

Em número de casos confirmados, depois de Cabo Frio, figuram os municípios de Araruama (2.042); São Pedro da Aldeia (1.574); Saquarema (1.324); Iguaba Grande (936); Armação dos Búzios (652) e Arraial do Cabo (325). No caso dos óbitos, além dos registrados por Cabo Frio, a listagem segue com Araruama (113); Saquarema (81); São Pedro da Aldeia (73); Iguaba Grande (38); Arraial do Cabo (16); Armação dos Búzios (11).

Pelos dados das secretarias municipais de Saúde, 7.713 pessoas se recuperaram da doença na região. O índice de recuperação é de 76%. Os recuperados foram registrados em Cabo Frio (2.810); Saquarema (1.165); Araruama (1.149); São Pedro da Aldeia (1.049); Iguaba Grande (718); Armação dos Búzios (572) e Arraial do Cabo (215).

Baixada Litorânea é a única do estado com risco moderado

A Subsecretaria Extraordinária de Covid-19 divulgou nesta quarta-feira (4) a nona edição do Mapa de Risco da Covid-19. Nele, o Estado do Rio permanece classificado em bandeira amarela, que representa baixo risco da doença. Apenas uma das nove regiões do estado apresenta risco moderado, com bandeira laranja: Baixada Litorânea. Nessa região vivem 6,68% da população do estado.

Na Região da Baixada Litorânea, que inclui os municípios da Região dos Lagos, houve aumento de 100% no número de óbitos e uma taxa de positividade para Covid-19 de 33,24%. Porém, a região também apresentou queda de 40,32% nos casos e taxa de ocupação dos leitos de UTI e enfermaria, respectivamente, de 35,17% e 31,76%, mantendo a classificação de risco moderado.

“Somente a Baixada Litorânea retrocedeu para a bandeira laranja em todo o estado, atingindo 11 pontos no total. Isso ocorreu devido a um aumento no número de óbitos. Da semana epidemiológica 41 para a 43, foram mais sete óbitos em Saquarema e dois em Rio das Ostras. Apesar da oscilação positiva no número de óbitos, em números absolutos, ele ainda é pequeno. Requer cuidado, mas ainda é pequeno”, disse Danilo Klein, médico superintendente da Subsecretaria.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.