Assine Já
domingo, 18 de abril de 2021
Região dos Lagos
28ºmax
19ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 33583 Óbitos: 1249
Confirmados Óbitos
Araruama 8610 270
Armação dos Búzios 4104 54
Arraial do Cabo 1165 61
Cabo Frio 8993 441
Iguaba Grande 3308 82
São Pedro da Aldeia 4591 188
Saquarema 2812 153
Últimas notícias sobre a COVID-19
NOVO CORONAVÍRUS

Região dos Lagos tem 4.435 casos confirmados e 257 mortes por Covid-19

Cabo Frio acumula mais de 1.400 testes positivos e 84 óbitos desde o começo da pandemia

01 agosto 2020 - 19h33Por Redação

Em meio a um processo de flexibilização das medidas de distanciamento social na maioria dos municípios, a Região dos Lagos fechou a semana e o mês de julho com 4.435 casos confirmados de Covid-19, desde o começo da pandemia da doença, em meados de março. Ao todo, 257 pessoas morreram em decorrência dos efeitos da doença, o que representa uma letalidade (número de óbitos em relação ao de casos confirmados) de 5,79%. Todos os dados são oficiais, das secretarias municiais de Saúde.

O município de Cabo Frio é o que tem o maior número de casos confirmados (1.419) e de mortes (84). Saquarema ultrapassou Araruama e se consolidou como o município com o segundo maior número de registros de casos positivos (803) e de mortes (50). Araruama vem em seguida, com 718 casos confirmados e 47 óbitos. São Pedro da Aldeia tem 703 e 32; seguido de Iguaba Grande (334 e 23); Armação dos Búzios (346 e 9) e Arraial do Cabo (112 e 12).

Os dados dos municípios diferem dos divulgados pelo Governo do Estado. Segundo as informações da Secretaria Estadual de Saúde, Cabo Frio registra 1.481 casos confirmados e 81 mortes; Saquarema tem 635 e 43; Araruama (651 e 42); São Pedro da Aldeia (790 e 17); Iguaba Grande (338 e 23); Armação dos Búzios (243 e 10) e Arraial do Cabo (121 e 5).

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.