Assine Já
sexta, 07 de maio de 2021
Região dos Lagos
28ºmax
18ºmin
http://www.alerj.rj.gov.br/
http://www.alerj.rj.gov.br/
TEMPO REAL Confirmados: 37036 Óbitos: 1405
Confirmados Óbitos
Araruama 9482 290
Armação dos Búzios 4582 57
Arraial do Cabo 1313 69
Cabo Frio 9818 517
Iguaba Grande 3712 91
São Pedro da Aldeia 5088 214
Saquarema 3041 167
Últimas notícias sobre a COVID-19
SEM PREVISÃO

Prefeitura atrasa salário de contratados da Saúde

Enquanto busca intensivistas por até R$ 17 mil, Cabo Frio descumpre calendário de pagamento

19 junho 2020 - 15h13Por Redação

Prefeitura de Cabo Frio anunciou nesta quinta-feira (18), oficialmente, que está à procura de médicos intensivistas capazes de botar para funcionar de imediato os leitos de UTI momentaneamente ociosos no Hospital de Campanha Unilagos, unidade de referência para o tratamento de pacientes com Covid-19. As informações foram reveladas pela Folha anteontem. Dependendo da carga horária, o salário pode chegar a R$ 17 mil.

Contudo, a atual realidade é de atraso no pagamento de servidores. A Folha apurou que os funcionários contratados da Saúde não receberam os vencimentos de maio nesta quarta-feira (17), conforme divulgado no calendário anunciado pela Prefeitura na semana passada. Apenas os contratados que atuam na Unilagos e nas UPAs teriam recebido no começo do mês. Quanto aos demais, a informação é de que não há previsão de pagamento.

– Sem contar que a gente recebe denúncias de que o secretário de Saúde está começando a demitir, pois diz que tem que diminuir a folha – comentou a secretária-geral do Sindicato dos Servidores de Cabo Frio (Sindicaf), Daiana Olegário.

Nesta quarta (17), a Folha publicou que o Hospital de Campanha Unilagos está com nove leitos de UTI ocupados e outros dez ociosos por falta de profissionais. Por isso, o município anunciou ontem que vai realizar Chamamento Público Simplificado, que terá inscrições abertas enquanto durar a situação de calamidade no município. 

Os profissionais especializados em trabalhar em UTI terão salário de R$ 13.500 com carga horária de 24h para plantões entre segunda e sexta-feira, enquanto aos sábados e domingos a remuneração é de R$ 17 mil para as mesmas horas trabalhadas. Os interessados deverão comparecer com  documentos ao Setor de Recursos Humanos da Secretaria de Saúde, localizada à Rua Fagundes varela, s/n – São Cristóvão.

O Unilagos foi um dos alvos da Operação Exam, na segunda-feira (15), realizada pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal. A investigação teve origem em procedimento do MPF, anterior à pandemia, que apurava licitações e contratos para a realização de exames laboratoriais. Com a colaboração da Controladoria-Geral da União, a investigação incluiu também a aquisição e a distribuição de remédios. Já no âmbito do inquérito instaurado na PF, as apurações recaíram sobre os recursos federais para combate ao Covid-19 no município. Segundo a prefeitura, além dos leitos de UTI, o Unilagos também tem 60 leitos para atendimento clínico. 

Até esta quinta-feira (18), o município computava  590 casos confirmados de Covid-19 e 48 mortes pela doença. Outros 452 pacientes se recuperaram.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.