Assine Já
terça, 07 de dezembro de 2021
Região dos Lagos
25ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 53859 Óbitos: 2198
Confirmados Óbitos
Araruama 12575 449
Armação dos Búzios 6589 73
Arraial do Cabo 1755 93
Cabo Frio 15647 903
Iguaba Grande 5581 147
São Pedro da Aldeia 7057 290
Saquarema 4655 243
Últimas notícias sobre a COVID-19
PRESTÍGIO CIENTÍFICO

Laboratório da Uerj integra rede global para pesquisas da Covid-19

No Brasil, apenas a universidade do Rio e a Unesp participam da rede de cooperação internacional

20 maio 2020 - 20h15Por Redação

O Laboratório HEPGrid (High Energy Physics Grid), do Instituto de Física da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), faz parte de um seleto grupo de instituições de todo o mundo dedicadas a combater a pandemia do novo coronavírus por meio do compartilhamento de uma malha global de serviços computacionais de alto desempenho, voltada a diversas áreas do conhecimento, a Open Science Grid (OSG). No Brasil, apenas a Uerj e a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp) participam dessa rede de cooperação internacional, contribuindo diretamente para alavancar os estudos sobre o novo coronavírus.

O HEPGrid da Uerj vem disponibilizando sua estrutura computacional para colaborar com projetos de pesquisas sobre a Covid-19 desde o dia 6 de maio e, até o momento, já foram mais de 38.830 horas de processamento de dados.

De acordo com Luiz Mundim, professor do Departamento de Física Nuclear e Altas Energias e coordenador do trabalho, o objetivo maior é mostrar ao mundo que a cooperação científica é o caminho para encontrar a solução de problemas graves como, por exemplo, uma pandemia.

– São laboratórios do mundo inteiro fornecendo recursos computacionais em prol de um mesmo desejo: ajudar a entender e a combater o vírus da covid-19 e, assim, minimizar seus estragos no mundo. Temos a ciência como ferramenta, mas entendemos que a união dos esforços e dos conhecimentos é que vai nos mostrar o caminho  – afirma Mundim.

O grupo é formado por outros nove professores do departamento, quatro profissionais (um engenheiro e três analistas) e quatro alunos de pós-doutorado. 

OSG e HEPGrid

A estrutura computacional do HEPGrid da Uerj disponibilizou mais de 300 núcleos para contribuir com as pesquisas do OSG.  Com isso, o laboratório da universidade chegou a alcançar, na semana passada, a marca de 14º centro que mais processou essas informações, no mundo. Os principais projetos que atualmente utilizam os recursos computacionais do laboratório são: COVID19_FoldingAtHome, COVID19_Stanford_Das, COVID19_WeNMR e também o COVID19_UCSD_Hsiao. Mas, o que é exatamente o OSG?

O Open Science Grid é uma iniciativa mundial que fornece serviço e suporte para provedores de recursos computacionais por meio de uma malha distribuída de serviços computacionais de alto rendimento. Com a pandemia da Covid-19, o OSG organizou, então, o compartilhamento de parte de sua estrutura para o estudo sobre o novo coronavírus.

Para conhecer o OSG e suas linhas de pesquisa, acesse: https://opensciencegrid.org

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.