Assine Já
sábado, 26 de setembro de 2020
Região dos Lagos
29ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 8076 Óbitos: 418
Confirmados Óbitos
Araruama 1625 102
Armação dos Búzios 483 10
Arraial do Cabo 242 15
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 671 36
São Pedro da Aldeia 1323 51
Saquarema 1177 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
DISTANCIAMENTO

Governo proíbe consumo de bebidas alcoólicas após 21h na área externa de bares e restaurantes

Decreto com novas restrições foi publicado no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (11)

11 setembro 2020 - 15h15Por Redação

Em decreto publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (11), o governador em exercício Cláudio Castro determinou novas medidas restritivas de prevenção e enfrentamento à propagação da Covid-19 no estado. Todas as ações foram alinhadas com a Prefeitura do Rio de Janeiro.

O decreto altera o funcionamento de bares e restaurantes, que podem continuar atendendo ao público com 50% da sua capacidade de lotação, até 1h, mas com a proibição do consumo de bebidas alcoólicas em ambiente externo depois das 21h. Música ao vivo e sistema self-service seguem suspensos.

Pelas próximas semanas, também não será permitido, aos sábados, domingos e feriados, o estacionamento de veículos particulares na orla do Rio de Janeiro, no trecho entre as praias do Leme ao Pontal. Só poderão estacionar os proprietários de carros que morem na região.

O decreto também autoriza o retorno das atividades desenvolvidas pela Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae), como obras de manutenção e expansão da infraestrutura de saneamento básico.

Continuam mantidos, até o dia 20 de setembro, os demais dispositivos e restrições do Decreto nº 47.250, de 4 de setembro de 2020.

Continua obrigatório o uso de máscaras de proteção respiratória em espaços públicos, transportes públicos, estabelecimentos comerciais e repartições públicas estaduais. Está mantida ainda a recomendação às prefeituras fluminenses de reabertura gradual de setores do comércio e da indústria, de acordo com as especificidades de cada cidade, em horários específicos para evitar aglomerações. Os municípios têm autonomia para manter suas determinações e regras. 

Bandeira amarela

De acordo com o painel de indicadores sobre a pandemia de coronavírus no estado, divulgado no dia 3 de setembro pela Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19, entre as nove regiões nas quais o estado é dividido, sete estão classificadas como bandeira amarela, indicativo de risco baixo para a doença. São elas: Metropolitanas I e II, Médio-Paraíba, Centro-Sul, Baixada Litorânea, Norte e Serrana. Juntas, elas abrangem cerca de 96% da população.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.