Assine Já
quarta, 27 de outubro de 2021
Região dos Lagos
24ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52450 Óbitos: 2151
Confirmados Óbitos
Araruama 12382 441
Armação dos Búzios 6530 73
Arraial do Cabo 1736 93
Cabo Frio 14792 880
Iguaba Grande 5486 140
São Pedro da Aldeia 6993 289
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
SITUAÇÃO GRAVE

Coronavírus: Prefeitura de Cabo Frio anuncia que dobrou número de leitos no Hospital do Jardim

Ala de isolamento conta agora com 24 leitos; UPA teve 9.540 atendimentos em novembro

06 dezembro 2020 - 11h01Por Redação

Com o aumento no número de casos de Covid-19 em Cabo Frio, a procura por atendimento aumenta a pressão na rede pública de Saúde. Neste sábado (5), a Secretaria de Saúde informou que dobrou o número de leitos para atendimento de pacientes com sintomas da doença no Hospital Otime Cardoso dos Santos, no Jardim Esperança, passando de 12 para 24 leitos na ala de isolamento. Segundo a Secretaria de Saúde, o atendimento à população nesta ala está funcionando, com abastecimento normal de insumos e medicamentos para tratamento contra o coronavírus.

Com o aumento da demanda, aumentam as denúncias de superlotação nas unidades. Na quinta-feira (3), o secretário de Saúde Bruno Alpacino foi até a UPA de Tamoios para conferir a situação. Foi feita uma grande operação de logística para transportar pacientes que estavam internados na unidade, levando-os para outros dois hospitais da rede municipal.

Na visita, foi descoberto que 26 balas de oxigênio, que atendem à UPA de Tamoios, encontravam-se vazias, sem condições de uso, o que prejudicou o atendimento aos pacientes internados. Por conta disso, os pacientes que estavam na sala amarela foram imediatamente levados por ambulâncias da rede municipal para o Hospital do Jardim Esperança. Já os pacientes em estado mais grave, internados na sala vermelha, foram encaminhados para a o Hospital Municipal São José Operário, em São Cristóvão.

A situação foi regularizada ainda na quinta-feira, com a chegada de mais suprimentos, e o atendimento na UPA de Tamoios esteve com fluxo normal durante todo o dia. Entretanto, a falha de vigilância foi avaliada como 'gravíssim' pelo secretário de Saúde, que anunciou uma série de medidas, dentre elas, o reforço na vigilância na UPA, além de abrir uma sindicância para apurar o ocorrido e identificar responsáveis.

UPA do Parque Burle tem mais de 300 atendimentos por dia em novembro

Nos últimos dias, a UPA do Parque Burle recebeu um número acima da capacidade média de atendimento, não só de pacientes com suspeita de Covid-19 como também pessoas que estão com outros problemas de saúde. Além disso, foi notado pela administração daquela unidade um aumento no número de pessoas de cidades vizinhas na procura por atenção de urgência. Somente em novembro, a UPA do Parque Burle realizou 9.540 atendimentos nas mais diversas especialidades.

A Secretaria de Saúde informa, ainda, que, especialmente em relação aos pacientes que chegam à UPA do Parque Burle com suspeita de coronavírus que a tenda de triagem que o tempo mais longo de espera, em alguns casos, se deve ao protocolo que é adotado.

Segundo a Prefeitura, dependendo do período em que o paciente está com os sintomas, além do teste rápido e do RT-PCR (que é feito com swab na mucosa nasal), são necessários outros procedimentos, tais como exame de sangue e tomografia computadorizada. Como alguns destes exames não são realizados na UPA, a Secretaria de Saúde tem um protocolo padrão que inclui a acomodação do paciente, os primeiros atendimentos e a espera pelos resultados. Caso seja necessário, o paciente permanece internado na unidade.

Entretanto, muitos pacientes estão reclamando da falta de testes e de funcionários para realizá-los neste fim de semana.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.