Assine Já
quarta, 20 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
22ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 21341 Óbitos: 711
Confirmados Óbitos
Araruama 5363 160
Armação dos Búzios 2875 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 5750 231
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 1666 101
Últimas notícias sobre a COVID-19
RESPONSABILIDADE SOCIAL

Combate à Covid-19: Governo do Rio cria grupo para ampliar doações

Objetivo é arrecadar, junto às empresas, equipamentos médicos e cestas básicas

27 abril 2020 - 15h37Por Redação

O Governo do Estado do Rio de Janeiro criou um grupo de trabalho para mobilizar empresas para a captação de doações de equipamentos médicos e cestas básicas para ajudar no combate à propagação da Covid-19. A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (27). A iniciativa será realizada pelas secretarias de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais e de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, com o apoio do RioSolidario, Firjan, Fecomércio e Funperj (Federação das Fundações Privadas). 

- O apoio de parceiros da iniciativa privada é fundamental na luta contra o novo coronavírus. O Estado tem trabalhado para garantir que a população tenha assistência médica, com a implantação de novos leitos em hospitais de campanha e a compra de equipamentos, e social, com a distribuição de cestas básicas através do Mutirão Humanitário. Mas precisamos do auxílio das empresas. Por isso, além de criar o grupo, o governo garante a isenção do imposto incidente sobre doações (ITCMD) - explicou o governador Wilson Witzel.

Os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e equipamentos hospitalares doados serão enviados à Secretaria de Saúde, e as cestas básicas, com materiais de higiene e limpeza e água mineral, encaminhadas para o RioSolidario.

- O engajamento da iniciativa privada é importantíssimo nesse momento. Estamos convidando outras instituições para fazer parte do grupo - afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Lucas Tristão. 

A secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Fernanda Titonel, destacou a importância da união de esforços entre o Estado e a sociedade civil.

- Esperamos obter apoio para mitigar os graves impactos sociais que atingem, principalmente, famílias que já estavam em situação de vulnerabilidade - disse.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.