Assine Já
segunda, 29 de novembro de 2021
Região dos Lagos
31ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 53491 Óbitos: 2186
Confirmados Óbitos
Araruama 12497 447
Armação dos Búzios 6580 73
Arraial do Cabo 1754 93
Cabo Frio 15408 901
Iguaba Grande 5564 147
São Pedro da Aldeia 7047 290
Saquarema 4641 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
PANDEMIA

Cientistas identificam mutação do novo coronavírus em Cabo Frio e em outras cidades do Rio

Ainda não há conclusão se nova linhagem é mais transmissível e resistente às vacinas

22 dezembro 2020 - 19h58Por Redação

Um estudo feito por cientistas do Laboratório de Bioinformática, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), encontrou mutações do novo coronavírus (Sars-CoV-2) no estado do Rio de Janeiro. Segundo reportagem do site da CNN Brasil, a nova linhagem foi encontrada em maior concentração em Cabo Frio, na capital, em Niterói e em Duque de Caxias. O trabalho sequenciou 180 genomas do vírus, causador da Covid-19. 

A descoberta já foi comunicada ao Ministério da Saúde e à Secretaria de Saúde do Estado do Rio.  O objetivo dos estudiosos agora é saber se a nova mutação do vírus é mais agressiva e se ela tem maior capacidade de transmissão do que o tipo que circula no país desde o começo da pandemia. A nova linhagem teria surgido em julho deste ano.

Outra questão é descobrir se as vacinas que estão em fase final de desenvolvimento ou em processo de liberação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) são capazes de imunizar as pessoas infectadas por esta nova cepa.

“Entretanto, é necessário a importância de estudos contínuos de vigilância genômica para análise da dispersão dessa nova linhagem e na identificação de novas variantes do SARS-CoV-2 no estado do Rio de Janeiro e no Brasil", disse a pesquisadora Ana Tereza Ribeiro de Vasconcelos, do Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), à CNN Brasil. 

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.