Assine Já
terça, 07 de dezembro de 2021
Região dos Lagos
25ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 53859 Óbitos: 2198
Confirmados Óbitos
Araruama 12575 449
Armação dos Búzios 6589 73
Arraial do Cabo 1755 93
Cabo Frio 15647 903
Iguaba Grande 5581 147
São Pedro da Aldeia 7057 290
Saquarema 4655 243
Últimas notícias sobre a COVID-19
Para quem mais precisa

Cabo Frio Solidária: doações chegam a mais de mil famílias na pandemia

Projeto voluntário leva cerca de 120 cestas básicas por mês para os mais necessitados, no momento em que a fome avança no país

07 abril 2021 - 19h28Por Rodrigo Cabral

Enquanto registra 337 mil mortes em decorrência do coronavírus até a noite desta quarta-feira (7), o Brasil vive crise social sem precedentes. Metade da população não tem acesso pleno e permanente a alimentos durante a pandemia, aponta estudo desenvolvido pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar (Rede PENSSAN). Por isso, unir esforços contra a fome está na ordem do dia de iniciativas como a campanha Cabo Frio Solidária, cujos voluntários rodam todos os bairros da cidade para ajudar aqueles que mais precisam.

O projeto começou logo após o primeiro decreto municipal, em março de 2020. De lá para cá, percorreu lares de mais de mil famílias. Em média, são 120 cestas básicas entregues por mês, conta o cineasta Lucas Müller, que organiza as ações. Neste fim de semana, os voluntários vão concentrar esforços nos bairros Angelin e Pacheco, ambos no Segundo Distrito, onde 40 famílias devem ser atendidas. Doações podem ser feitas na sede do projeto: Rua Antonio Francisco Ferreira 205, Jardim Excelsior. Aqueles que quiserem ajudar também podem realizar transferências bancárias (Itau Ag 8595 Cc 24028-7 Bianca Araujo Fuentes Rueles CPF: 117.190-727-36 |||| Bradesco Ag 0588 Cc 0013304-3 Bianca Araujo Fuentes Rueles CPF 117.190.727-36 |||| Banco do Brasil Ag 4075-4 Cc 15.006-1 Lucas Muller Mello CPF 110.232.687-95).

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Cabo Frio Solidária (@cabofriosolidaria)

— Começamos ajudando a família do circo Las Vegas. Depois, passamos por todos os cantos da periferia de Cabo Frio. Nosso foco principal é arrecadação de alimentos — explica Lucas Müller, relatando a realidade encontrada durante as entregas das doações: — Observamos que, em 90% dos casos, são mães solo abandonadas pelos maridos, com três ou quatro crianças. E na zona rural, infelizmente, a situação é bem difícil.

Autores do livro 'História de Cabo Frio' remetem valores de direitos autorais ao projeto

Para manter o ritmo de doações, a campanha Cabo Frio Solidária conta com o auxílio de uma verdadeira "corrente do bem". Autores do livro 'História de Cabo Frio – dos sambaquieiros aos cabo-frienses (c. 3.720 a. C. – 2020)', lançado pela Sophia Editora, os professores José Francisco de Moura e Luiz Guilherme Scaldaferri são exemplo disso. Eles decidiram reverter os valores recebidos a título de direitos autorais para o projeto.

— Nesse momento em que a pandemia atinge níveis catastróficos, nós decidimos dar uma pequena contribuição para o cidadão cabo-friense que precisa de ajuda. Por isso, abrimos mão dos valores que nos cabem na venda dos livros para ajudar o projeto Cabo Frio Solidária. Fazemos, dessa forma, duas coisas que achamos fundamentais: divulgamos a história de Cabo Frio e contribuímos com os cabo-frienses que estão mais necessitados — afirma Luiz Guilherme Scaldaferri.

111,6 milhões de brasileiros sem acesso pleno e permanente a alimentos

Realizado em 2.180 domicílios nas cinco regiões do país, em áreas urbanas e rurais, entre 5 e 24 de dezembro de 2020, o levantamento da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar apontou que em 55,2% das casas os habitantes conviviam com a “insegurança alimentar”. Isso significa que 116,8 milhões de brasileiros não tinham acesso pleno e permanente a alimentos durante o período da pesquisa. Trata-se de um amento de 54% desde 2018 (36,7%).

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.