Assine Já
sábado, 27 de fevereiro de 2021
Região dos Lagos
27ºmax
21ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 26413 Óbitos: 912
Confirmados Óbitos
Araruama 6711 182
Armação dos Búzios 3191 32
Arraial do Cabo 855 37
Cabo Frio 7283 352
Iguaba Grande 2510 55
São Pedro da Aldeia 3488 126
Saquarema 2375 128
Últimas notícias sobre a COVID-19
ENFERMEIRA FOI A PRIMEIRA

Cabo Frio inicia vacinação e secretário adverte sobre manter cuidados sanitários: "primeiro passo"

Município aguarda Secretaria Estadual de Saúde sobre o recebimento das próximas doses

20 janeiro 2021 - 15h29Por Rodrigo Branco

Com um misto de alívio, esperança e ansiedade, começou a vacinação contra a Covid-19 em Cabo Frio nesta quarta-feira (20). Em solenidade realizada na Escola Municipal Edilson Duarte, no Jardim Caiçara, a enfermeira Teresinha Correia da Silva, de 51 anos, recebeu a primeira das 2.533 doses enviadas pelo Governo do Estado para o município nesta primeira remessa.

Na primeira etapa da imunização no município, serão vacinados somente os profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à doença e idosos abrigados em instituições de longa permanência. De acordo com cálculos da Secretaria Municipal de Saúde, o lote inicial é suficiente para vacinar somente 34% dos trabalhadores que atuam nas unidades da rede municipal.

Apesar da cobertura reduzida, o secretário Felipe Fernandes celebrou o começo da vacinação da cidade, mas advertiu que as medidas de prevenção à doença deverão ser mantidas.

– O comportamento é manter o que temos feito. Esse é o primeiro passo, mas a pandemia ainda está acontecendo. Então todas as medidas de proteção e cuidados serão mantidos porque não podemos nos iludir que, com a primeira dose, estaremos protegidos. Continuamos vigilantes e atentos tanto para nos proteger como para atender da melhor forma a população – disse Fernandes.

Em coletiva de imprensa após a aplicação da primeira vacina, foi anunciado que o esquema de imunização nesta primeira etapa será volante, em oito unidades públicas e privadas de Saúde e em duas instituições para idosos. As unidades de Saúde são o Hospital São Jose Operário; Hospital Central de Emergência (HCE); Hospital do Jardim Esperança, Hospital da Mulher, UPA do Parque Burle e de Tamoios (rede pública) e Hospital Santa Izabel e Clinerp (rede privada). Em idosos, as doses serão aplicadas no Lar da Cidinha e na Pousada Iva Jansson.

Coordenadora de imunização do município, Patrícia Freitas fez coro com o secretário sobre a manutenção dos protocolos sanitários. Sobre a chegada das próximas doses, que serão aplicadas dentro de 21 dias, disse que depende da disponibilidade pelo Governo do Estado.

– Tudo é uma interrogativa. Às vezes, a gente está em casa meia-noite, duas horas da manhã e recebe um e-mail. O município está muito atento às informações tanto do Ministério da Saúde, como da Secretaria de Estado de Saúde. A única coisa que tem de certo é que recebemos 34% na primeira fase. O período de vacinação é de 21 dias para a próxima dose, isso foi definido pela Secretaria de Estado. Então essas doses vão chegar nesse período. Pode ser daqui dez dias, 15 dias. Mas vai chegar para fazer a vacina nos funcionários, como está agendado para daqui a 21 dias – garantiu a coordenadora.

Bastante assediada pelos repórteres presentes, Teresinha, que atua no centro cirúrgico do Hospital São José Operário teve uma manhã de 'estrela' da solenidade que marcou o começo simbólico da vacinação da cidade. Nitidamente emocionada, mas serena, a profissional de Saúde estava consciente da importância do momento histórico que protagonizou.

– É bastante emocionante representar os meus colegas que estão à frente nesta pandemia. Dá esperança de um novo momento, um novo amanhã. Isso tudo para a gente é simplesmente gratificante demais. Saber que amanhã a gente está perto de concluir todo esse momento. E também pela prevenção do outro, ter mais empatia com o próximo, porque está faltando isso. As pessoas estão negando essa questão da pandemia e isso é o que tem me deixado mais aborrecida. Temos a certeza de que vai dar tudo certo – declarou para a Folha.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.