Assine Já
terça, 19 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
31ºmax
22ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 21341 Óbitos: 711
Confirmados Óbitos
Araruama 5363 160
Armação dos Búzios 2875 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 5750 231
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 1666 101
Últimas notícias sobre a COVID-19
CASOS LEVES, MODERADOS E GRAVES

Cabo Frio inclui cloroquina no tratamento para pacientes com Covid-19

Secretaria de Saúde afirma que decisão final de uso da medicação é do médico que atender o paciente

22 maio 2020 - 21h09Por Redação
A Secretaria de Saúde de Cabo Frio começou a adotar um protocolo de uso da substância difosfato de cloroquina para o tratamento de pacientes com Covid-19 no município. De acordo com a Comissão Municipal de Controle de Infecção em Estabelecimentos em Saúde (Comcies), a administração do medicamento deve ser feita combinado à outra substãncia, a azitromicina, independentemente da gravidade da infecção.
 
A indição é feita para casos leves, moderados e graves, "preferencialmente no início da doença, em seu segundo dia, ou assim que tiver a suspeição clínica, fases I (leve) e IIA (leve a moderada). O protocolo enumera os sintomas de síndrome gripal das quatro fase da Covid-19 (leve - até o sétimo dia; de leve a moderada, do sétimo ao décimo; grave - após o décimo dia e crítica).
 
Questionada sobre o novo procedimento, a Secretaria de Saúde informa que "é uma recomendação do Ministério da Saúde" e que "a decisão final da utilização da medicação é responsabilidade do médico que está no atendimento do paciente". 
 
Na última quarta-feira (20), o Ministério da Saúde divulgou as orientações para o uso de cloroquina e hidroxocloroquina no tratamento de pacientes de Covid-19 pelo SUS. O assunto é considerado polêmico, uma vez que a Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmou que o uso das substâncias não tem eficácia comprovada e pode provocar efeitos colaterais. 
 
Reprodução do protocolo adotado pela Secretaria de Saúde de Cabo Frio
 
 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.