Assine Já
quinta, 13 de maio de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
18ºmin
http://www.alerj.rj.gov.br/
http://www.alerj.rj.gov.br/
TEMPO REAL Confirmados: 37918 Óbitos: 1447
Confirmados Óbitos
Araruama 9612 300
Armação dos Búzios 4692 57
Arraial do Cabo 1317 69
Cabo Frio 10088 529
Iguaba Grande 3759 93
São Pedro da Aldeia 5248 224
Saquarema 3202 175
Últimas notícias sobre a COVID-19
MEDIDAS DE RESTRIÇÃO

Búzios determina proibição de permanência nas praias após aprovação do 'superferiadão'

Estabelecimentos comerciais terão que funcionar com 50% da lotação e fechar meia-noite

24 março 2021 - 08h05Por Rodrigo Branco

A Prefeitura de Armação dos Búzios anunciou no fim da noite desta terça-feira (23) novas medidas para tentar conter o avanço do novo coronavírus no município. A iniciativa foi tomada após  a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro aprovar um projeto de lei que antecipa os feriados de abril para o período entre 26 de março e 4 de abril, denominado como 'superferiadão'. Com a decisão da Alerj, há o temor que haja grande fluxo de turistas para a Região dos Lagos.

O decreto municipal n° 1.595, que já está em vigor, estipula entre outras coisas que a permanência nas praias do balneário está proibida. O acesso a elas só é permitido para a prática de atvidades físicas individuais ao ar livre. Os estabelecimentos comerciais poderão funcionar até meia-noite, com atendimento exclusivo em mesas e limite de 50% da sua lotação.

Passeios de escunas, catamarãs, barco táxis e demais embarcações estão autorizadas a funcionar, limitados a 50% da sua lotação; todos os embarcados, incluindo turistas e tripulantes, devem usar máscara de proteção e manter distância de 1,5m (um metro e meio).

Quanto aos veículos de transporte coletivo, deverão obedecer a taxa de ocupação de 50% da capacidade total. Festas, shows e eventos seguem proibidos.

A fiscalização ficará a cargo de agentes públicos municipais, que poderão pedir o apoio da Polícia Militar para garantir o cumprimento do novo decreto. O descumprimento pode resultar em aplicação de  advertência, multa e, em último caso, na cassação do alvará. 

De acordo com o prefeito Alexandre Martins (Republicanos), as barreiras sanitárias serão intensificadas e o QR Code será emitido apenas para hospedagens no município.

- Pensando no equilíbrio e para evitar um lockdown, muito radical, estamos pedindo a compreensão de todos. Esse momento vai passar - declarou o prefeito, nas redes sociais oficiais do município.

Búzios totaliza 3.386 casos de Covid-19, com 36 mortes. Além disso, sua rede de Saúde caminha para saturação, com progressiva ocupação de leitos.

Também nesta terça (23), Rio das Ostras, Saquarema e São Pedro da Aldeia anunciaram a adoção de medidas de maior restrição, incluindo o fechamento de praias.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.