Assine Já
sábado, 08 de agosto de 2020
Região dos Lagos
26ºmax
15ºmin
Mercado Tropical
Alerj
TEMPO REAL Confirmados: 4786 Óbitos: 283
Confirmados Óbitos
Araruama 820 56
Armação dos Búzios 357 9
Arraial do Cabo 120 12
Cabo Frio 1563 93
Iguaba Grande 334 23
São Pedro da Aldeia 748 39
Saquarema 844 51
Últimas notícias sobre a COVID-19
marcelo corrêa

Marcelo Corrêa: "‘Vou demitir o procurador, Celso, é o que posso fazer"

Celso Campista ameaça processar procurador e presidência da Câmara

13 janeiro 2016 - 09h50
Marcelo Corrêa: "‘Vou demitir o procurador, Celso, é o que posso fazer"

Em meio ao clima tenso pela demora na apreciação do or- çamento 2016, votado apenas ontem na Câmara Municipal de Cabo Frio, o vereador Celso Campista (PSB) roubou a cena. Exaltado, afirmou da tribuna que irá irá processar o procurador Luis Flávio Marques Lima e a presidência por postagem de nota de esclarecimento no site oficial da Casa. O documento rebatia as críticas de Campista sobre perseguição política que vem enfrentando no legislativo para aprovação de propostas.

O presidente da Casa, o vereador Marcello Corrêa (PP), tentou aplacar o ânimo de Celso.

– Vou demitir o procurador, Celso, é o que a presidência pode fazer – declarou Marcello da Mesa Diretora.

O posicionamento, no entanto, não foi suficiente para que Celso encerrasse o discurso, que teve apoio da assistência. Ele criticou a publicação e considerou “humilhação”, “falta de respeito”, uma vez que “o procurador não estaria nem no país”. Sobre a declaração de Marcello, Campista afirmou que “o presidente entendeu ter falhado e quer empurrar para alguém, nesse caso o  procurador”.

– Vamos aguardar quando o procurador for intimado para ver de fato quem foi responsável pela matéria. Sei que a Casa já é uma responsável. Essa Casa é da lei. Todas as matérias elogiando ou criticando têm que estar assinadas. Como ela pode fazer um crime? Isso é um crime. Encaminhei para minha advogada e ela está analisando de que forma podemos processar – afirmou Celso Campista.

*Leia a matéria completa na edição impressa da Folha dos Lagos desta quarta-feira.