Assine Já
segunda, 18 de novembro de 2019
Região dos Lagos
26ºmax
18ºmin
Apartamento
AP REC BANNER
Geral

Justiça e MP vão investigar 'fake news' na eleição de Cabo Frio

Jornal de publicação não regular teria divulgado falsas denúncias contra o candidato da Rede, Dr. Adriano Moreno

09 junho 2018 - 12h53
Justiça e MP vão investigar 'fake news' na eleição de Cabo Frio

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) e o Ministério Público Estadual (MPE) vão investigar a circulação de um jornal na semana passada, que trazia falsas denúncias, as chamadas ‘fake news’, contra o candidato da Rede Sustentabilidade na eleição suplementar de Cabo Frio, Adriano Moreno. A informação foi divulgada pela jornalista Berenice Seara, em sua coluna no jornal Extra de ontem.

O impresso não tem circulação regular e foi entregue de mão em mão pelas ruas da cidade. O veículo já responde a um processo criminal por ação semelhante em Quissamã, no Norte Fluminense. O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro também irá apurar o caso e representantes LGBT também pediram abertura de inquérito, por conta de conteúdo considerado homofóbico na publicação.

No último dia 17, a Folha dos Lagos publicou uma matéria falando dos riscos de uma possível onda de boataria durante a campanha eleitoral de Cabo Frio e como identifi car as ‘fake news'. Segundo a polícia, o resonpsável vai resodner por crime contra a honra e pode ser condenado a prisão e multado.