Assine Já
segunda, 06 de julho de 2020
Região dos Lagos
27ºmax
17ºmin
Mercado Tropical
Coluna

Na rua, na chuva, na fazenda

17 janeiro 2020 - 20h47

Nesta semana tive a oportunidade, mais uma vez, de participar dos protestos dos servidores municipais nas ruas de Cabo Frio, o que faço há anos, bem antes do mandato, tendo em vista ser concursado da rede municipal de educação e há muito tempo engajado nas lutas da categoria - que também já duram muitos governos.

Aliás, o problema do pagamento do funcionário público em Cabo Frio é semelhante ao das chuvas em nossa cidade. Tratam-se de questões históricas e rais, que partem da irresponsabilidade do atual e dos antigos governantes, e que sempre são propositalmente “esquecidos” quando resolvidos pontualmente, voltando à tona cada vez que o caos se instala de novo.

Cabe, portanto, uma reformulação estrutural na folha de pagamento, na transparência das receitas e despesas e na captação de recursos para sanar de vez o quadro, assim como se deve fazer com as galerias, sistemas de drenagem e tubulações lotadas, que colaboram com o transtorno causado pela explosão da natureza que o humano não é capaz de conter.

Passa pela Secretaria de Fazenda - ou pelo menos deveria passar - esse novo modelo de gestão dos recursos públicos, tratando cada cidadão como um investidor, dando a cada qual seu direito e sua parcela neste grande plano de recuperação fiscal. Acredito que assim, seja na rua, na chuva ou na fazenda, estamos construindo juntos, todos, este caminho de transformação para Cabo Frio.