Assine Já
segunda, 13 de julho de 2020
Região dos Lagos
28ºmax
16ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
Coluna

Movimento comunitário, aliado ou inimigo municipal?

29 maio 2020 - 21h22

 Trago hoje esse questionamento. Não é de hoje que, infelizmente,  o movimento comunitário em Cabo Frio não tem o devido respeito que merece.

A essa afirmação, no entanto, cabe uma profunda reflexão por parte destas lideranças e suas entidades representativas, a fim de entender em que ponto isso se perdeu.

O termo líder comunitário remete ao individuo que conduz ou orienta ações e ideias no sentido de entender as necessidades de suas comunidades ou grupos representados para fomentar, interagir, propor e trazer soluções que contemplem esse coletivo representado.

Em Cabo Frio, essa percepção precisa ser resgatada no sentido de reconhecer que o líder comunitário é uma das mais legítimas autoridades que surgem dentro da representatividade social de seu bairro, cabendo a ele desenvolver um trabalho social, político na essência, solidário e consciente no sentido de despertar essa participação da sociedade civil na busca de soluções para as demandas de seus bairros.

Neste sentido se faz necessário que as comunidades rompam o silencio na busca de políticas que combatam a desigualdade social, políticas que enfrentem a miséria, violência e desemprego que atingem a aflingem suas famílias. 

Mais do que isso, é preciso o entendimento que somos os atores principais, e não coadjuvantes do processo político, e que através dele possamos buscar, na figura de políticos honestos, preparados e empaticamente comprometidos com a causa, as mudanças que tanto esperamos.

Por fim, fica o pedido para que a próxima gestão municipal tenha a percepção e entendimento da importância desta gestão interativa, propositiva e agregadora que pode ser gerada em parceria com o movimento comunitário.

Que possa ser criada a superintendência das associações comunitárias, para absorver essas demandas das comunidades em sintonia com os líderes comunitários e fazer chegar mais rápido às soluções esperadas.

Queremos ser parceiros na construção de uma cidade mais justa e digna para seu cidadão, uma cidade que distribua renda, gere emprego e dignidade às famílias, uma Cabo Frio em que a única imagem que possa separar seu povo e seus bairros seja apenas nossa bela ponte e não atitudes e ações políticas que criam e geram essa distância social.

Cordiais abraços às instituições de luta MOCACAF, FAMOCAF E UNIAMACAF. SOMOS PELO MOVIMENTO COMUNITÁRIO, SOMOS POR CABO FRIO.