Assine Já
terça, 11 de agosto de 2020
Região dos Lagos
28ºmax
15ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
Coluna

Sua equipe é realmente engajada?

26 novembro 2019 - 19h57

O aspecto competitivo do mercado de trabalho não se restringe apenas aos processos seletivos, visto que os colaboradores de uma mesma empresa tendem a competir por um maior destaque ao almejar o seu crescimento. A cooperação e o engajamento aparecem como pontos chave para desenvolver não só a equipe, mas a empresa como um todo.

Sob o olhar da gestão, os colaboradores se veem satisfeitos com os empregos, comprometidos com as empresas a ponto de indicá-las para outras pessoas. Entretanto, ao olhar um pouco mais de perto, há sinais de um não engajamento, como a falta de paciência e comunicação com colegas e desonestidade com os gestores.

Quando a empresa foca apenas no desempenho individual, os membros da equipe tendem a buscar outras maneiras de ganhos pessoais às custas da produtividade total da equipe. Eles podem gastar mais tempo em uma determinada tarefa ao invés de assumir mais demandas, escolher apenas as tarefas que tenham mais afinidade ou se convidar para conversas e reuniões com a gerência para se tornarem mais vistos e apresentarem as suas entregas como diferencial, desmerecendo a participação de outras pessoas no processo.

Eles podem aumentar sua carga de trabalho para preencher o tempo, em vez de assumir mais tarefas; escolha as tarefas que desempenham com base no que elas gostam de fazer; ou, se insinuam em conversas ou reuniões com a gerência para sua própria vantagem. Esse tipo de comportamento é notável e não demora muito para os novos recrutas perderem o entusiasmo pela colaboração quando percebem que o sistema recompensa o egoísmo. Assim, se a empresa retribui esse tipo de comportamento, a motivação do restante da equipe tende a diminuir cada vez mais. Os gestores devem trabalhar com sua equipe para desenvolverem em conjunto a ideia de que compartilhar valores e propósitos é algo positivo.

Quando um gestor pensa no desenvolvimento da sua equipe, ele se preocupa em passar tempo com ela, para que todos possam entender o que está acontecendo na linha de frente.

É de extrema importância que as equipes de uma empresa estejam motivadas a exercerem suas funções e o trabalho em equipe se torna fundamental para o desenvolvimento da empresa como um todo e, consequentemente, satisfação do cliente. Os gestores precisam voltar a atenção para suas equipes afim de entender o que acontece de fato e quando demonstram aos membros que valorizam a colaboração, alimentam a ideia de que o fato de as tarefas dependerem do trabalho de outras pessoas pode ser algo positivo.