Assine Já
segunda, 06 de julho de 2020
Região dos Lagos
27ºmax
17ºmin
Mercado Tropical
21 Abr 202011h28

O Brasil elegeu um louco presidente

“O Brasil é mesmo um país muito estranho. Até um louco chega a Presidente...” Calma, quero tranquilizar os defensores do presidente Bolsonaro, sempre tão avessos às críticas ao chefe. A frase não é minha, é de Rui Barbosa e se refere a outro presidente, Delfim Moreira, louco de carteirinha, que chegou ao poder após a morte do presidente Rodrigues Alves, vítima da Gripe Espanhola. ...
14 Abr 202011h35

A vida não é uma obra de ficção

É impossível nesses dias de isolamento social, provocado pela pandemia de coronavírus, não se imaginar num daqueles filmes apocalípticos que lotam sessões de cinema e tem fãs em todo o planeta, ao olhar pela janela e ver a cidade em silêncio. Os parquinhos, vazios, nas praças e condomínios não ecoam a algazarra das crianças, nem os gritos do vendedor de mate são ouvidos na orla, que ...
07 Abr 202021h41

O futuro pós coronavírus

Estamos vivendo uma crise sem precedentes e vamos viver momentos difíceis, nos próximos dois meses, devido ao isolamento social, fundamental para achatar a curva de contágio e impedir que o sistema de saúde entre em colapso. Eu tenho dito que o isolamento não protege apenas idosos maiores de sessenta anos ou pessoas com doenças preexistentes, mas toda a sociedade. O contágio descontrolado ...
31 Mar 202010h20

O cruel fruto de nossas escolhas

Nós somos o resultado da soma de nossas escolhas e, não é de hoje que nossas escolhas, ou o nosso livre arbítrio, tem nos levado a trilhar por muitos caminhos, o primeiro, talvez, rumo a saída do paraíso. As nossas escolhas tem nos tornado ignorantes, preconceituosos, mesquinhos. Tem nos dividido e nos distanciado e levado ao poder políticos incapazes de priorizar a vida. O desprezo pela v...
24 Mar 202015h53

As sequelas sociais do COVID-19

Estamos à beira do abismo. São tempos difíceis que vão perdurar para além da pandemia que assusta o mundo. Nunca mais seremos os mesmos. E precisamos encarar o futuro com uma certeza: é preciso mudar para enfrentar o que está por vir após a pandemia passar. O COVID-19, infelizmente, vai nos deixar mais do que mortos, mas profundas sequelas sociais: recessão, desemprego, miséria violênc...
18 Mar 202021h14

O momento exige responsabilidade

O coronavírus é a síntese desses tempos que vivemos onde tudo nos divide: política, religião, cor da pele, opção sexual. A ameaça invisível que se espalha pelo mundo impõe o isolamento como medida de prevenção e, apesar das medidas para contem o avanço da doença, verdade seja dita, só com a união de todos e senso de responsabilidade seremos capazes de vencer essa ameaça. Não ...
10 Mar 202014h52

As mentes perigosas que habitam entre nós

“Entre 1997 e 1998 o motoboy Francisco de Assis Pereira, também conhecido como o “Maníaco do Parque”, estuprou, torturou e matou pelo menos 11 mulheres no Parque do Estado, na região Sul de São Paulo.  Após ser capturado pela polícia, o que mais impressionou as autoridades foi como um homem feio, pobre, de pouca instrução e que não portava armas conseguiu convencer várias mulhere...
03 Mar 202012h57

A escravidão dos tempos modernos

Estou lendo, e recomendo, o novo livro do escritor Laurentino Gomes, “Escravidão”, onde o autor dos best-sellers 1808, 1822 e 1889 faz duas constatações: a  escravidão existe desde o início da história humana, mas só atingiu uma escala industrial quando colonos europeus levaram à força 12,5 milhões de africanos para a América.  O resultado desse processo é que, pela primeira v...
18 Fev 202019h46

O que seria do azul se todos gostassem do amarelo?

Liberdade e democracia sempre foram, pra mim, valores imprescindíveis  e, desde cedo, aprendi como o meu pai, em casa, que sem respeito a divergência não existe democracia, estaremos sob a chibata e os horrores do totalitarismo.  A velha frase “o que seria do azul se todos gostassem do amarelo?” é a expressão maior  de que o mundo e, principalmente, o pensamento estão longe de ser mo...
10 Fev 202019h45

Basta de migalhas

Os deputados federais distribuíram, ano passado, através de 8.150 emendas parlamentares, R$ 12,97 bilhões para os municípios. A participação da região nesse montante foi pífia, resultado da falta de representatividade dos nossos municípios em Brasília. Estamos e vamos continuar pagando caro por não termos um deputado comprometido com a solução para os nossos muitos problemas na Câma...
Primeira Página
Última Página