Assine Já
quinta, 21 de novembro de 2019
Região dos Lagos
24ºmax
20ºmin
Apartamento
AP REC BANNER
atropelamento

Acusado de atropelar e arrastar ciclista em 2014 será julgado nesta quarta-feira

Julgamento acontece no Tribunal do Júri da 2ª Vara Criminal de Cabo Frio

13 agosto 2019 - 17h20Por Redação I Foto: Reprodução
Acusado de atropelar e arrastar ciclista em 2014 será julgado nesta quarta-feira

Acontece nesta quarta-feira (14) no Tribunal do Júri, em Cabo Frio, o julgamento do empresário Mário Fernando Gomes Lucas, acusado de atropelar e arrastar por cerca de três quilômetros o ciclista Celso Brito de Lima, de 60 anos, em setembro de 2014. O atropelamento ocorreu na Avenida Wilson Mendes, na altura do Jacaré, mas o ciclista foi arrastado até o Jardim Excelsior, conforme registraram imagens de uma câmera de segurança localizada na Rua Capri.

O julgamento será realizado às 10h na 2ª Vara Criminal de Cabo Frio. O destino de Mário vai estar nas mãos do Conselho de Sentença, que é composto por sete jurados. Uma audiência de instrução foi realizada em janeiro de 2015, quando cinco pessoas, entre elas um policial militar, prestaram depoimento contra o réu, que responde em liberdade por homicídio qualificado.

O motorista dirigia uma picape Mitsubishi que circulou por diversas ruas da cidade, inclusive na contramão, com a bicicleta e a vítima presas debaixo do veículo. Segundo as investigações da Polícia Civil, à época, o motorista não parou a picape, mesmo após perceber que havia uma pessoa presa sob o veículo. Segundo a polícia, o motorista fugiu após soltar a bicicleta e o corpo de Celso da picape, que foi identificada após trabalho de investigação conjunta entre as polícias Civil e Militar.

No depoimento à polícia, Mário teria dito que não percebeu de imediato que Celso e a bicicleta estavam presos sob o carro. Como não houve flagrante, o empresário não ficou preso. O caso causou grande comoção na cidade na ocasião e ganhou repercussão até mesmo na imprensa nacional.