Bernardo Ariston aparece em lista de delações da Odebrecht

Prefeitura de Cabo Frio, no entanto, prefere aguardar investigações antes de tomar qualquer medida

Publicado em 21/04/2017 às 09:17

O nome do coordenador municipal de Indústria e Comércio de Cabo Frio, Bernardo Ariston, ex-deputado federal, aparece em uma lista de centenas de políticos que teriam recebido doações não declaradas de campanha da construtora Odebrecht entre 2008 e 2014. A Prefeitura, no entanto, afirmou que aguarda o andamento das investigações para que não seja feito nenhum julgamento prévio. A Prefeitura disse ainda que espera que os fatos sejam esclarecidos o mais breve possível.

De acordo com o ex-chefe do departamento de operações estruturadas, Benedicto Junior, Ariston, cujo codinome na lista é ‘Rasputinzinho’, teria recebido, sem declarar à Justiça Eleitoral, R$ 100 mil da empreiteira para a campanha eleitoral de 2010. Segundo a listagem, o dinheiro teria sido um pedido do então governador do Rio, Sérgio Cabral, hoje preso no complexo de Bangu. Na ocasião, Ariston concorreu ao cargo de deputado federal pelo PMDB, mas não foi eleito.

* Confira matéria completa na edição desta sexta da Folha dos Lagos.

Veja também

Compartilhe:  

COMENTÁRIOS

EXPEDIENTE

Rodrigo Cabral

Diretor

Fernanda Carriço

Chefe de Reportagem

fernanda.carrico@folhadoslagos.com

Redação, Administração, Publicidade e Assinatura

Avenida Francisco Mendes 226, loja 06, Centro - Cabo Frio - RJ

Propriedade da Sophia Editora Eireli - ME.

CONTATO

Redação

folhadoslagos@ig.com.br redacao@folhadoslagos.com
(22) 2644-4698 - Ramal 206
(22) 9971-7556

Publicidade

(22) 2644-4698 - Ramal 215
(22) 9971-7841

Central do Assinante

(22) 2644-4698
(22) 9971-7841