Temporada de transatlânticos terá aumento de escalas

Búzios terá 17 escalas a mais; Cabo Frio e Arraial do Cabo buscam as primeiras

Publicado em 05/10/2018 às 09:29

TOMÁS BAGGIO

As cidades da Região dos Lagos estão em fase final de negociação para receber escalas de transatlânticos no próximo verão. A novidade para esta temporada é a tentativa de Arraial do Cabo de voltar a receber os navios turísticos. Para isso, será preciso reverter o embargo ao Porto do Forno que está em vigor. Em Cabo Frio, onde no último verão foram dez navios recebidos, a expectativa desta vez é recepcionar, pelo menos, entre quatro e oito embarcações. Já em Búzios, 84 escalas estão confirmadas até o momento, 17 a mais do que o balneário recebeu no último verão.

Com a posição de Búzios já consolidada no cenário de cruzeiros marítimos, a Secretaria de Turismo afirma que o fato de Cabo Frio e Arraial buscarem receber as escalas é positivo. Para o secretário Augusto Cesar Chegure, isso colabora para a formação de uma região de roteiros marítimos.

– É muito importante que as três cidades consigam receber os navios. Assim vamos consolidar não apenas Búzios, mas toda a região como rota de cruzeiros marítimos. É muito bom ver Arraial se mexendo nesse sentido e Cabo Frio buscando manter as escalas. Acredito que isso é positivo para todos – diz ele.

Por outro lado, o secretário de Turismo de Cabo Frio, Radamés Muniz, vê as cidades como concorrentes na disputa pela chegada de navios, mas concorda que isso é bom para a região como um todo.

– É claro que, neste ponto, as cidades concorrem entre si, pois o mesmo navio não vai parar nas três cidades (durante a mesma viagem). Então se vai para uma, a outra perde. Mas, sem dúvidas, isso é excelente para a região como um todo. Estamos trabalhando muito para atender todas as exigências e melhorar o serviço afim de receber cada vez mais navios – afirma.

Em Búzios, onde a agenda está mais avançada, os navios irão chegar a partir do dia 30 de novembro. O último navio a confirmar presença irá atracar na cidade em 6 de abril. Uma novidade este ano é o navio Seaview, da MSC, que virá pela primeira vez ao Brasil, passando a ser o maior navio turístico que já navegou na costa brasileira. Das 84 escalas confirmadas em Búzios, 13 serão do gigante Seaview, que aporta com cerca de 5,2 mil passageiros e mais de 2 mil tripulantes.

– Acredito que o aumento nas escalas para este ano é motivado por alguns fatores. Primeiro porque estamos fazendo um grande incremento no atendimento aos turistas, melhorando a qualidade do receptivo no desembarque. Teremos uma estrutura muito melhor e as operadoras valorizam isso. Mas também porque o mercado está voltando a crescer em todo o país, e a Abremar (Associação Brasileira de Empresas Marítimas) está realizando um excelente trabalho, principalmente buscando mudar as regras para facilitar a vinda de navios do mundo todo – explica o secretário de Turismo de Búzios, Augusto Cesar Chegure.

Cabo Frio busca manter o ritmo

Na maior cidade da região, a tentativa é destrinchar a burocracia para seguir recebendo navios, como voltou a ocorrer no último verão. Na temporada passada foram dez escalas em Cabo Frio. O secretário de Turismo espera conseguir confirmar, em breve, entre quatro e oito escalas, mas seguirá buscando que a cidade seja escolhida para mais roteiros até a chegada do verão.

– Pode ser que ocorra uma redução (em relação ao verão passado) porque esse planejamento precisa ser feito com um ano de antecedência. Mas estamos cumprindo tudo o que é preciso. Tivemos duas visitas da equipe da MSC, inclusive com representantes do escritório de Londres, e as coisas estão caminhando. Enviamos toda a documentação necessária, na verdade está faltando uma certidão federal que a cidade não tem no momento por conta de alguns débitos com a União, mas a falta dessa certidão não impede de receber os navios – garante o secretário.

Questionado se a mudança no governo municipal (a gestão atual tomou posse após uma eleição suplementar em junho) poderia ter atrasado as negociações, por conta da troca na equipe do Turismo, Radamés refutou.

– De forma alguma. Eles (operadores) não estão ligando para governo, eles se importam com a estrutura da cidade. E Cabo Frio tem muito potencial. Também estamos buscando receber uma escala do Seaview, pois temos condições de atender a todas as necessidades deles como, por exemplo, o raio-x externo que pode ser colocado em nosso terminal – completou.

Arraial precisa reverter embargo do Porto

Considerada por muitos como a cidade que tem as praias mais bonitas da Região dos Lagos, Arraial do Cabo vem fazendo caminho fundo para voltar a receber transatlânticos (a Prefeitura não soube informar qual foi o último ano em que isso ocorreu, mas disse que o último navio chegou na cidade ainda no primeiro governo do ex-prefeito Henrique Melman, entre 2000 e 2004). Mas, para isso, a cidade precisa reverter o embargo que vigora atualmente impedindo todas as atividades do Porto do Forno.

Em abril deste ano o Ibama embargou as atividades do Porto do Forno em razão do descumprimento de regras estabelecidas na Licença de Operação (LO) 892/2009. Os agentes ambientais autuaram a Companhia Municipal de Administração Portuária (Comap) em R$ 100 mil e determinaram, por notificação, que a empresa apresente plano de controle e proteção ambiental.

Segundo o presidente do Porto, Zezé Simas, empresas que operam na unidade deverão fazer um aporte financeiro para o cumprimento de 20 pontos exigidos pelo Ibama para a liberação da licença de operação. Ele afirma não acreditar que a cidade deixe de receber transatlânticos porque, segundo ele, o Porto “vai ser liberado”.

– Não tenho dúvidas de que vai ser liberado. Não dá pra dizer uma data, mas com certeza vai ser. Por enquanto estamos em contato com operadoras de turismo para viabilizar a chegada dos transatlânticos e, ao mesmo tempo, trabalhando para conseguir as licenças – disse o presidente do porto de Arraial, Zezé Simas.

Veja também

Compartilhe:  

COMENTÁRIOS

EXPEDIENTE

Rodrigo Cabral

Diretor

Fernanda Carriço

Chefe de Reportagem

fernanda.carrico@folhadoslagos.com

Redação, Administração, Publicidade e Assinatura

Avenida Francisco Mendes 226, loja 06, Centro - Cabo Frio - RJ

Propriedade da Sophia Editora Eireli - ME.

CONTATO

Redação

folhadoslagos@ig.com.br redacao@folhadoslagos.com
(22) 2644-4698 - Ramal 206
(22) 9971-7556

Publicidade

(22) 2644-4698 - Ramal 215
(22) 9971-7841

Central do Assinante

(22) 2644-4698
(22) 9971-7841