Polícia aguarda resultado de exames sobre a morte de Mateus Pagalidis

Suspeita é de que produtor cultural cabofriense tenha caído de uma escada de cerca de 30 metros

Publicado em 12/09/2017 às 10:37

A Polícia Civil aguarda o resultado  dos exames necroscópico e toxicológico, que devem sair em até  22 dias, para concluir qual foi o motivo da morte do produtor  cabofriense Mateus Pagalidis, 27 anos. Também é aguardado o laudo da perícia policial que esteve no local onde o corpo do jovem foi encontrado, na Barra Funda, em São Paulo, na sede da Sabesp. Suspeita-se que ele tenha caído, no domingo (3) de manhã,  de uma escada que leva de uma caixa d’água, de cerca de 30 metros. O chefe de investigação do 23° Distrito Policial (Perdizes), Wagner Rosalin, afirmou que os laudos são fundamentais: “Só a partir dos laudos que poderemos dizer o que aconteceu com o Mateus. Não há prazo limite para o inquérito ser concluído. Vamos investigando”, ele informou.

“É uma ferida que nunca vai cicatrizar”, diz pai de Mateus

Pai de Mateus, Evangelos Pagalidis emociona-se ao lembrar do filho. “É uma ferida que nunca vai cicatrizar”, diz ele, que já prestou depoimento.  “Dá orgulho de ver o quanto ele era querido. Sabíamos que as pessoas gostavam dele, mas não de forma tão ampla, em várias cidades e estados. Mateus sempre foi um garoto muito carinhoso, solícito. Ficaremos sempre com a lembrança do rapaz esperto, inteligente, amigo de todo mundo. Um rapaz da palavra amiga, do humor sarcástico, de grande respeito pela diversidade”.

Evangelos acredita que o filho se desequilibrou da escada. “Tenho certeza que ele não se jogou, porque tinha planos, objetivos. Tinha organizado um show de uma banda japonesa para a semana seguinte. Um cara com objetivos e com planos traçados jamais ia cometer um ato desse. Ele amava a vida. Teve um surto. Foi andando e viu um local onde podia se esconder. Na subida, se desequilibrou. Pode ter sido dopado, caído num golpe. Não temos certeza absoluta, mas há relatos que corroboram com esta versão”, diz Evangelos, agradecendo a ajuda de todos os que se empenharam em tentar localizar Mateus. 

 

Veja também

Compartilhe:  

COMENTÁRIOS

EXPEDIENTE

Rodrigo Cabral

Diretor

Fernanda Carriço

Chefe de Reportagem

fernanda.carrico@folhadoslagos.com

Redação, Administração, Publicidade e Assinatura

Avenida Francisco Mendes 226, loja 06, Centro - Cabo Frio - RJ

Propriedade da Sophia Editora Eireli - ME.

CONTATO

Redação

folhadoslagos@ig.com.br redacao@folhadoslagos.com
(22) 2644-4698 - Ramal 206
(22) 9971-7556

Publicidade

(22) 2644-4698 - Ramal 215
(22) 9971-7841

Central do Assinante

(22) 2644-4698
(22) 9971-7841