Falsos professores na mira do Conselho de Educação Física

Dois profissionais da Região dos Lagos foram presos por exercício ilegal da profissão 

Publicado em 08/08/2018 às 10:05

Dos 200 falsos profissionais de educação física presos no Estado do Rio por exercício ilegal da profissão, dois são da Região dos Lagos. Os dados são do Conselho Regional de Educação Física (Cref1), que informou que no total 12 professores sem habilitação foram flagrados nas cidades da região no primeiro semestre deste ano.

O Conselho detectou e flagrou mais de mil irregularidades em academias do estado e 195 profissionais falsos.

Em 2017, foram 38 casos registrados na região. Em setembro do ano passado, até uma enfermeira foi flagrada dando aula de jump para cinco alunos em Iguaba.

Nessa mesma academia, um outro acusado supervisionava 34 clientes na musculação. Em São Pedro, um deles dava aula de treinamento funcional para 10 pessoas na Lagoa de Praia Linda. O Conselho Regional de Educação Física do Rio de Janeiro informa que para exercer a atividade é preciso, além de formação acadêmica, estar registrado no órgão.

De Maricá a Rio das Ostras, são 2102 profissionais habilitados segundo o conselho. Cabo Frio é o município com o maior número deles, sendo 678 profissionais. Arraial do Cabo conta com 76; Búzios com apenas dois; São Pedro da Aldeia tem 164; Araruama 278; Iguaba 55; Saquarema 164; Maricá 373 e Rio das Ostras conta com 312 profissionais habilitados para exercer a profissão de profissional de Educação Física.

Denúncias podem ser feitas online

Supervisora do departamento de fiscalização do Cref1, Giovanna Pereira ressalta a importância das denúncias ao conselho, para que o exercício ilegal da profissão seja coibido.

Folha – Que sinais indicam que a pessoa que lhes presta este serviço não está habilitada?

Giovanna Pereira – A ausência do registro no sistema Confef/Crefs é a maior prova da ausência da habilitação. Então solicite ao responsável pela atividade a carteira profissional ou documento oficial com foto, acesse o site do CREF1 e pesquise pelo número do registro ou nome completo.

Folha – Como proceder ao constatarem que estão sendo vítimas da atuação de um falso profissional?

Giovanna Pereira – Acesse o site cref1.org.br e protocole a denúncia. As fiscalizações de possíveis práticas de exercício ilegal são averiguadas através das denúncias, por isso a importância da sociedade em contribuir

Veja também

Compartilhe:  

COMENTÁRIOS

EXPEDIENTE

Rodrigo Cabral

Diretor

Fernanda Carriço

Chefe de Reportagem

fernanda.carrico@folhadoslagos.com

Redação, Administração, Publicidade e Assinatura

Avenida Francisco Mendes 226, loja 06, Centro - Cabo Frio - RJ

Propriedade da Sophia Editora Eireli - ME.

CONTATO

Redação

folhadoslagos@ig.com.br redacao@folhadoslagos.com
(22) 2644-4698 - Ramal 206
(22) 9971-7556

Publicidade

(22) 2644-4698 - Ramal 215
(22) 9971-7841

Central do Assinante

(22) 2644-4698
(22) 9971-7841