Novo site da Editora Sophia já está no ar

Área com dicas de literatura, venda de e-books e outras novidades estão no ar

Redação I Foto: Reprodução
Publicado em 04/08/2018 às 11:38

Há três anos no mercado editorial, a Sophia Editora tem uma missão: dar espaço a escritores da Região dos Lagos e valorizar o patrimônio material e cultural de suas cidades. Agora, para ir muito além das fronteiras da região, a editora relançou ontem o site www.sophiaeditora.com.br , onde todos os títulos publicados estão à disposição para compra. Uma das novidades é a venda de e-books (livros em formato digital). A obra Folha dos Lagos – Quando a Notícia Vira História, organizada pelo historiador Paulo Cotias, está disponível neste formato por apenas R$5,00.

Internautas de qualquer parte do país podem adquirir as obras da Sophia. O prazo de entrega é de 7 a 21 dias, dependendo do endereço do comprador. Já para quem comprar um e-book, basta realizar o download na área do cliente. O site também conta com um blog que trará, além de todas as novidades sobre a editora, textos sobre literatura, dicas de escrita e colaborações de escritores locais. - Esse é um passo muito importante para a Sophia porque representa justamente o que buscamos nesta nova fase da editora: nos tornarmos referência em produção literária e fazer com que as obras dos escritores da região cheguem a outras cidades do Brasil, declarou a coordenadora editorial, jornalista Fernanda Carriço.

Novo livro será lançado nesta quinta-feira

No próximo dia 9, quinta-feira, a Editora Sophia lança a sua nona obra. ‘Cabo Frio e a Pesca da Baleia na Ponta dos Búzios (Séculos XVIII e XIX)’, do historiador Luiz Guilherme Scaldaferri Moreira e da pesquisadora Rose Fernandes, que será lançado, às 18 horas, no Solar dos Massa. O livro não apenas retrata determinado contexto histórico, mas também lança hipóteses sobre a formação de parte da Região dos Lagos e foge dos lugares comuns quando se fala do perfil da população indígena, por exemplo.

A obra investiga de forma paralela e ao mesmo tempo complementar a formação de núcleos populacionais, entre os anos 1700 e 1800, em locais onde hoje ficam os municípios de Búzios e Cabo Frio. O pano de fundo para o trabalho conjunto foi a instalação de uma armação para a captura de baleias no balneário buziano durante o período colonial. O livro é divido em dois estudos, um de Rose e outro de Luiz, diferentes entres si, mas considerados complementares. A pesquisadora usou como ponto de partida para o texto um trabalho não aproveitado que foi feito para a prefeitura buziana. Ponto de partida porque os estudos para o livro ampliaram o campo de conhecimento da dupla e quebraram modelos reproduzidos pelo senso comum, sobre a população silvícola, no caso da região, da tribo tupinambás.

Segundo Rose Fernandes , estudos apontam que 33% do DNA humano é indígena. Outra abordagem dos autores são os aspectos referentes às disputas territoriais entre colonizadores e questões religiosas. O livro estará à venda durante o lançamento nesta quinta-feira no Solar dos Massa.

Veja também

Compartilhe:  

COMENTÁRIOS

EXPEDIENTE

Rodrigo Cabral

Diretor

Fernanda Carriço

Chefe de Reportagem

fernanda.carrico@folhadoslagos.com

Redação, Administração, Publicidade e Assinatura

Avenida Francisco Mendes 226, loja 06, Centro - Cabo Frio - RJ

Propriedade da Sophia Editora Eireli - ME.

CONTATO

Redação

folhadoslagos@ig.com.br redacao@folhadoslagos.com
(22) 2644-4698 - Ramal 206
(22) 9971-7556

Publicidade

(22) 2644-4698 - Ramal 215
(22) 9971-7841

Central do Assinante

(22) 2644-4698
(22) 9971-7841