Ramires Rodrigues

Ramires Rodrigues é presidente do escritório Ramires Contabilidade

04/09/2019

Capital de Giro e Fluxo de Caixa: você sabe a diferença?

Hoje abordaremos um assunto que gera muita confusão no dia a dia da empresa e dos seus sócios, como todos sabem, capital de giro é aquele montante utilizado pela empresa para suas operações do dia a dia, a conta é simples. O capital de giro é a diferença, do dinheiro que a empresa tem em caixa, no banco, ou que ainda vai receber de clientes, e o os custos e despesas, ele é o valor que permite à empresa, a extração dos resultados financeiros do negócio, originando os fluxos de caixa. A gestão de capital de giro está diretamente ligada à produção de fluxos de caixa, um depende diretamente do outro. Nesta Coluna, vamos tratar do relacionamento destes dois fatores que garantem a sobrevivência da empresa no longo prazo.
O fluxo de caixa das empresas é medido pela quantidade total de recursos financeiros (receitas, vendas ou serviços) gerados no período. Muitos empresários confundem lucro com caixa, é aí que as coisas começam a se complicar pois são conceitos completamente diferentes
A relação do fluxo de caixa com o capital de giro é inversa, mas um não cresce sem o outro. Imagine que uma empresa tenha R$20 mil para usar como capital de giro, sendo assim, existe um teto seu faturamento. Quando o capital de giro se esgotar, a empresa não pode adquirir mais insumos e, portanto, não pode vender mais.
O ideal então é que o capital de giro cresça, mas sem prejudicar o caixa. Já que o capital de giro de terceiros, vêm acompanhado de juros, os quais reduzem fluxo de caixa.
Dicas importantes que podemos passar seriam:
Não estoque demais: Por mais tentadoras que sejam as promoções do atacado, colocar mais produtos no estoque do que o necessário pode ser um tiro no pé. Isso vai tirar do caixa da empresa um dinheiro que pode fazer falta para pagar as contas.
Reduza o prazo de recebimento e diminua a inadimplência: Quanto maior o prazo que você dá para seus clientes te pagarem, maior é a sua necessidade de capital de giro, pois a empresa tem que se custear até receber o dinheiro. Incentive o pagamento à vista ou invista em uma máquina de cartão. A maquininha tem a vantagem de ser mais segura, já que não há risco de calote e, dependendo do plano de recebimento escolhido, o dinheiro cai na sua conta em um dia útil.
A gestão do capital de giro é um dos principais fatores para se obter fluxos de caixa de sucesso. Caso a empresa precise manter um grande volume de dinheiro no caixa para girar sua operação, pode ser que a rentabilidade seja reduzida. Por isso, estudar as várias formas de obtenção de crédito no mercado é fundamental para o sucesso da organização.

*Ramires Rodrigues é presidente do escritório Ramires Contabilidade (2643-6077).

Deixe seu comentário
19/08/2019

Ser patrão? Tem que ter gestão

Quer ser patrão? E ao mesmo tempo, ajudar a economia por meio da criação de empregos e do aumento da produção?
Esse passo, no entanto, requer planejamento e cuidado para não terminar em dor de cabeça. A falta de gestão profissional põe em risco a sobrevivência das empresas.


Na prática, uma em cada quatro empresas fecha até dois anos após a criação. Grande parte do índice pode ser atribuída a má administração.
O principal problema diz respeito à mistura entre o patrimônio pessoal do sócio e o dinheiro das empresas. A falta de um sistema claro de contabilidade compromete a manutenção e a capacidade de investimento das empresas. O sócio não pode simplesmente retirar o valor que quiser porque a renda dele é determinada pelo lucro do negócio.


A falta de planejamento compromete o crescimento das empresas no médio e no longo prazo.


O Governo tem projeto para criar o PROGRAMA “MINHA PRIMEIRA EMPRESA”, e como recomendação e dica principal é se preparar para ser um “GRANDE GESTOR e isso vem através de cursos promovidos por entidades como SEBRAE, SENAC, etc.


Uma dica importante e após essa preparação ter em mente e bem estudado a atividade a ser desenvolvida , local a ser explorado e principalmente ter um “PROFISSIONAL DE CONTABILIDADE” para ser o seu grande parceiro para auxiliar no seu crescimento pessoal e empresarial. ORGANIZAÇÃO E PLANEJAMENTO CAMINHAM JUNTOS PARA O SUCESSO.


*Ramires Rodrigues é presidente do escritório Ramires Contabilidade (2643-6077).

Deixe seu comentário

Veja também

EXPEDIENTE

Rodrigo Cabral

Diretor

Fernanda Carriço

Chefe de Reportagem

fernanda.carrico@folhadoslagos.com

Redação, Administração, Publicidade e Assinatura

Avenida Francisco Mendes 226, loja 06, Centro - Cabo Frio - RJ

Propriedade da Sophia Editora Eireli - ME.

CONTATO

 

Redação

folhadoslagos@ig.com.br redacao@folhadoslagos.com
(22) 2644-4698 - Ramal 206
(22) 99613-2841 | (22) 99933-2196

Publicidade

(22) 2644-4698 - Ramal 215
(22) 99887-3242

Central do Assinante

(22) 2644-4698
(22) 99776-2956