Blog do Cabral

Moacir Cabral fundou a Folha dos Lagos em 1990. Tem passagens por veículos como A Notícia, Folha da Manhã, Folha do Comércio, Correio de Campos, O Fluminense e O Globo. 

01/02/2017

Meirelles diz que país deve sair da recessão no primeiro semestre de 2017

Bruno Bocchini e Camila Boehm - Repórteres da Agência Brasil

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse hoje (1º) que a economia brasileira deverá sair da recessão ainda no primeiro semestre de 2017 e que o desempenho da economia no último trimestre deste ano registrar crescimento de aproximadamente 2% em relação aos últimos três meses de 2016.

“A nossa expectativa é que, sim, sai da recessão, significando que [a economia do país] crescerá a uma taxa moderada no primeiro trimestre, mas já entra em uma trajetória de crescimento durante o ano e, consolidando isso, nós teremos um crescimento”, disse o ministro em evento organizado pelo banco de investimento Credit Suisse na capital paulista.

Brasília - O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, recebe a Medalha Mérito Tamandaré, concedida pela Marinha do Brasil (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que o Brasil deve crescer a uma "taxa moderada" no primeiro trimestreMarcelo Camargo/Agência Brasil

Segundo Meirelles, a expectativa do governo é que a recuperação da economia ocorra sem o  “padrão voo de galinha”, de altos e baixos acentuados. “[A expectativa é] o Brasil, durante o correr do ano, entrar em uma rota de crescimento sustentado e sustentável, que significa o seguinte: é importante que nós possamos de fato nos livrar de uma vez por todas desse padrão voo de galinha, o Brasil crescer alguns anos e depois cai o crescimento e entra em uma recessão”, disse.

Para o ministro da Fazenda, o ajuste fiscal e as reformas que estão sendo implementadas pelo governo farão com que o país consiga evitar ciclos acentuados de melhora e queda do desempenho da economia. “Temos que entrar em uma rota de crescimento estável. Tem ciclos econômicos, é normal, é inevitável, mas sair desse padrão de ciclos acentuados de crescimento e queda. E isso vem como resultado da evolução na solução dos problemas fundamentais, do ajuste fiscal”, destacou.

Aos investidores, Meirelles disse que a retomada econômica já é perceptível e que os resultados de desempenho de diversos setores já começam a mostrar que o país está saindo da recessão. “Tirar o Brasil desta crise é fundamental e isso já está acontecendo. Diversos setores já começaram a crescer em dezembro. Automóvel já cresceu, também transporte pesado, relacionado a isso, pedágio de transporte pesado nas rodovias e pedágio de transporte leve. A produção industrial cresceu no mês de dezembro, o que significa que o país já está em um processo de retomada.”

Inflação

Sobre a inflação, Meirelles disse que o índice tende a cair no longo prazo como resultado das reformas promovidas pelo governo, que impedem a expansão fiscal. Ele ressaltou que a economia brasileira vem mostrando mais eficiência e maiores índices de produtividade.

“A questão de segurança jurídica de diversas atividades está sendo endereçada, e também essa questão toda de eficiência e produtividade da economia. Quer dizer, tudo isso faz com que a tendência, a longo prazo, seja uma queda da taxa de juros estrutural da economia e também uma queda da inflação. Não há dúvida de que o Brasil está caminhando para a normalidade”, acrescentou. Agência Brasil

Deixe seu comentário
01/02/2017

O Blog está de volta

Por bom tempo este blog ficou inativo. Mas chega. As notícias estão aí; aliás, é o que não falta. Por isso, a partir de agora, o Blog do Cabral estará bem melhor, muito melhor do que antes. E isso será uma tarefa facílima, porque o silêncio já tem duração de quase dois meses. 
Se é assim...
 
LARICO, O ABUSADO
 
Debochado de nascença, o Iluminado da Boca do Mato continua aprontando. Ele sempre se vangloriou em ser afilhado de mini-prefeito Alair Corrêa e, agora, quase como uma mágica, surge ele dizendo que é compadre sim, mas de Marquinho Mendes. 
Mas nem por isso o guru da periferia perdoa o novo prefeito da cidade. Ele, por sair no carnaval só porque Marquinho mandou comprar todo o estoque de farinha. Afinal, farinha pouca meu pirão primeiro...
Laraico de Zezé é assim mesmo. Ele só não mesmo é de cerveja quente e lavar louça. Mas não gosta mesmo!
 
DEBATE NA FOLHA
 
Nesta quinta-feira, a partir das 10h, o trânsito urbano e o comércio informal em Cabo Frio estarão em debate no auditório da Folha dos Lagos. É o Cidade Viva discutindo o Verão-2017. O fórum tem o patrocínio da Prolagos e da Madeireira Ita, com apoio da Litoral News e Rádio Ondas FM (Programa Amaury Valério). 
 
TOTONHO, O ROMANCISTA
 
Também conhecido como Tonhão Malvadeza, o professor Totonho Nogueira anuncia para breve mais um romance: "Lulu, a Poderosa". Trata-se de uma incrível história de amor de uma pobre menina da periferia que se apaixona por um senador da república. Devasso, o casal apronta mil e umas patifaria por onde passa. Um romance hilário que mostra a verdadeira cara de um cafajeste e de uma... digamos. Uma rameira. Prefácio do sorridente Zé Sete, o cineasta.

Deixe seu comentário
08/11/2016

Cabo Frio sedia evento internacional
de fornecedores e produtores de vinhos

Você sabia que vinho e turismo formam uma dupla perfeita? Pensando nisso, Cabo Frio sediará no dia 12 próximo o “Vinho’s Day”, o primeiro encontro de fornecedores de vinhos, que acontecerá no salão de eventos do Hotel Paradiso Corporate, com apoio do Cabo Frio Convention e Visitors Bureau, Deguster Delicatessen, Sindicato dos Empresários de Hotelaria e Restaurantes e CVC, e realização da Tropic Eventos, Hotel Paradiso Corporate e restaurante La Mole. Será um dia de exposições e degustação com participação dos maiores especialistas do setor, finalizando com um jantar harmonizado no restaurante La Mole a partir das 19h30.

Será, também, uma oportunidade de network para empresários de supermercados, empórios, delicatessens, bares e restaurantes, hotéis e pousadas com diversos mercados produtores e vinícolas de várias partes do país e do mundo, dando o pontapé inicial ao tão sonhado turismo de negócios. Para isso, o Vinho’s Day vai agregar num mesmo espaço a exposição de produtos, degustação, palestras e opções de harmonização, além do lançamento oficial da nova carta de vinhos de uma das maiores vinícolas de Portugal, a Quinta de Curvos.

Cabo Frio possui, hoje, mais de 300 restaurantes, cerca de 80 pousadas e aproximadamente 40 hotéis. Além deste público em potencial, o “Vinho’s Day” também tem a expectativa de atrair empresários de cidades vizinhas bem como de outras do interior do Estado, em especial da Região Serrana, além do público em geral, composto por amantes da bebida, que terão a oportunidade de desfrutar do evento através de uma experiência cultural que só um evento deste porte é capaz de proporcionar.

- Existe uma visão muito equivocada de que o vinho só combina com climas frios. Na verdade, o vinho é uma bebida que vai bem o ano inteiro, em todas as estações, até mesmo no calor do verão, como é o caso dos vinhos espumantes ou frisantes, que podem ser servidos bem gelados, acompanhados de petiscos diversos como iscas de peixe, por exemplo, muito comum em nossa região – explicou Maria Inês Oliveros, presidente do Convention & Visistors Bureau de Cabo Frio, lembrando que a ideia é inserir o evento no calendário turístico de Cabo Frio.

SERVIÇO

Vinho’s Day

Dias 12 de Novembro, a partir das 19h30

Hotel Paradiso Corporate – Cabo Frio / RJ

Outras informações: www.vinhosday.com.br

Deixe seu comentário
03/11/2016

Lágrimas de Carnaval

Não era a intenção cair na folia, mas Larico de Zezé, o Iluminado da Boca do Mato, como costuma dizer, não consegue ver defunto sem chorar. Ou seja, ao sentir o cheiro do carnaval, lá foi ele. Vestindo a tradicional bermuda cor de abóbora, camisa listrada de azul e branco e na cabeça um surrado chapéu de palha, lá foi Larico. Ele e o velho pandeiro de guerra.

Como de costume, filou  o café da manhã na casa da comadre Tereza Mocotó e, depois, fez saudação a Xangô- e ao Salgueiro- com o primeiro cachorro magro do carnaval (cachaça com limão) no boteco de Tião Medonho, Depois, partiu sem rumo.
Pit stop no Restaurante da Ponte, proseou com Gilsão Malvadeza e, gentileza do dono casa, experimentou pelo menos 39 cm de uma caninha da roça, o suficiente para deixar Larico entusiasmado. Balançando as generosas ancas, Larico atravessou a ponte cantando Maracangalha e, vezes por outra, mandava seus gritos de guerra  preferidos, como 'Vai dar Certo! É Onze! Pelos poderes do Pato Donald e de Pôncio Pilatos'.
E Larico atravessou a cidade desfilando toda a alegria do domingo de carnaval. Passou pelo Itajuru, bebericou na Vila Nova, ganhou o rumo da Passagem, bebericou no Delegado, dividiu cerveja com Aldir Quase Pedreiro, contou causos com Zé que Não Dança na Picanha na Tábua e partiu para ver os blocos na praia. 
Mas Larico não gostou do que viu. Carros sobre as calçadas, churrasco também nas calçadas, esgoto vazando de bueiros, cheiro de merda na Nilo Peçanha e, ao chegar na Orla, entristecido, Larico guardou o pandeiro e saiu por ali. Não aprovou a venda de quentinha na areia, se assustou com cerveja a R$10, quase deu um siricutico quando flagrou quiosqueiros usando bujões de gás em meio aos milhares de banhistas. Larico ficou estarrecido.
Depois de percorrer a areia, o guru da periferia fez a caminhada pelo calçadão. Mais tristeza ainda. Carros com som alto, funk da indecência, como diz ele, mais carros sobre calçadas, mais cheiro de esgoto e, quanto mais caminhava, sentia que estava numa verdadeira latrina. Sol forte, cheiro de xixi idem. Um horror que assustou Larico de Zezé, que quase chorou.
Ou melhor, Larico chorou de volta pra casa.. Dedilhando o pandeiro, com o coração apertado, cantava quase sussurrando: 'Cabo Frio, minha terra amada,
Tu és dotada de belezas mil,/ Escondida vives num encanto,/Sob o manto deste meu Brasil...
E assim foi o domingo de carnaval do Iluminado. 
* Larico de Zezé, o Iluminado da Boca do Mato. Livro de crônicas na Nobel Livraria,no Shopping Park Lagos, na Banca Exótica, no centro de Cabo Frioo e, também, na sede da Folha dos Lagos.
Larico de Zezé, em seu tabernáculo da Fé, joga tarô, cartas, búzios, adedanha, zerinho ou um e pedra no telhado. Faz benzenção para curar cobreiro, erisipela, quebranto, espinhela caída e mau olhado. Larico é assim mesmo, mas, às vezes, é muito melhor. Muito!

Deixe seu comentário

Veja também

EXPEDIENTE

Rodrigo Cabral

Diretor

Fernanda Carriço

Chefe de Reportagem

fernanda.carrico@folhadoslagos.com

Redação, Administração, Publicidade e Assinatura

Avenida Francisco Mendes 226, loja 06, Centro - Cabo Frio - RJ

Propriedade da Sophia Editora Eireli - ME.

CONTATO

Redação

folhadoslagos@ig.com.br redacao@folhadoslagos.com
(22) 2644-4698 - Ramal 206
(22) 9971-7556

Publicidade

(22) 2644-4698 - Ramal 215
(22) 9971-7841

Central do Assinante

(22) 2644-4698
(22) 9971-7841